in , ,

Roteiro da Grécia – O que fazer em Milos

Águas cristalinas de Kleftiko

Milos é mundialmente conhecida por ser a ilha onde foi encontrada uma estátua de Afrodite, a “Vênus de Milo”, que hoje pode ser visitada no Museu do Louvre, em Paris . É uma ilha vulcânica, localizada no arquipélago das ilhas cíclades, no Mar Egeu. Dona de praias paradisíacas com águas cristalinas, é mais um destino imperdível para quem está de passagem pela Grécia, principalmente para quem está visitando Santorini e Mykonos.

Sempre que eu pesquisava fotos sobre a Grécia na internet, eram as praias de Milos que mais chamavam minha atenção, então, não pude deixá-la de fora do meu roteiro. Aqui você vai ver dicas de como chegar até a ilha, onde ficar, onde comer e, o principal, o que fazer em Milos.

Dicas pra economizar em Milos

Pesquise e reserve hotéis em Milos com descontos de até 80%
Faça um orçamento do seguro viagem obrigatório na Europa
Tenha Internet na Grécia com chip internacional
Alugue um carro com desconto em Milos
Reserve os melhores passeios na Grécia

Como chegar em Milos

Ferry

É muito fácil chegar a Milos de ferry, que foi a nossa opção. Os ferries desembarcam no porto de Adamas, que é o centro da ilha, cheio de restaurantes, lojinhas e hotéis. É também de lá que partem os principais passeios de barco da ilha.

Para consultar rotas, horários e empresas que fazem o transporte de ferry para a ilha acesse esse site: www.ferries.gr/greek-islands-ferry/

Avião

Milos é uma ilha pequena, mas também é possível chegar de avião, com vôos a partir de Atenas, operados pelas companhias Olympic Air e Aegean Air (45 minutos de voo). É possível sair de outras ilhas voando para Milos também, mas sempre terá uma escala em Atenas.

Firiplaka
Firiplaka

Onde se hospedar em Milos

Nós ficamos hospedados no Hotel Eleni, próximo ao Porto de Adamas e acredito que seja o melhor lugar para se hospedar. Era possível ir a pé para a região do porto, onde estão concentrados também os melhores restaurantes da ilha. O hotel era maravilhoso e a dona Eleni, dona do hotel, era uma senhora muito prestativa, simpática e fez de tudo para agradar a gente. O quarto era muito confortável e o hotel muito bem localizado.

Para se locomover acho indispensável alugar um carro em Milos. Nós alugamos assim que chegamos lá e a Eleni arrumou uma locadora com um preço ótimo para a gente, valeu a pena ter alugado só lá, foi bem mais em conta. Lembrando que fomos antes da alta temporada. Milos é uma ilha pequena, então na alta temporada (julho/agosto) talvez seja uma boa alugar com antecedência.

O que fazer em Milos

Milos tem muitas praias maravilhosas e foi difícil decidir por onde começar. Nós usamos esse mapa para ajudar a montar o roteiro das praias que queríamos conhecer:

Mapa com as principais praias da ilha. Fonte: http://www.milos-island.info/en/paralies02.htm
Mapa com as principais praias da ilha. Fonte: http://www.milos-island.info/en/paralies02.htm

Dia 01

Chegamos a Milos de tarde e assim que deixamos as coisas no hotel, pegamos o carro e começamos a rodar, visitando primeiro a famosa Sarakiniko. Ela já foi considerada a praia mais fotografada da Grécia, formada por cinza vulcânica, parece uma paisagem lunar, linda demais. Imaginem um lugar que mistura praia, lua, sol e águas cristalinas, tem como ser mais perfeito?

Eu decidi incluir Milos no meu roteiro por causa dessa praia, sempre sonhei em conhecê-la e ela não decepcionou minhas expectativas.

Sarakiniko, mais um lugar especial da viagem
Sarakiniko, mais um lugar especial da viagem
Mergulho numa “piscina” que achamos por lá
Mergulho numa “piscina” que achamos por lá

Saindo de lá fomos até Plaka para ver o pôr do sol. Plaka é uma vila típica grega, com casinhas brancas no estilo das Cíclades, pequenas lojas de artesanatos e restaurantes. Chegando lá subimos até o Kastro, ruínas de uma fortaleza do século XIII, que oferece vista panorâmica não só de Plaka como também de outras ilhas, é o melhor lugar de Milos pra ver o pôr do sol! O caminho até lá era um pouco escondido e não era sinalizado, mas fomos perguntando e conseguimos nos achar.

Pôr do sol do alto das ruínas de Plaka
Pôr do sol do alto das ruínas de Plaka

Dia 02

No dia seguinte fizemos outro passeio imperdível para quem vai visitar Milos, o passeio de barco para Kleftiko. Nós fizemos com a empresa Milos Adventures e eu me arrisco a dizer que foi o melhor passeio da viagem! O pessoal da empresa era maravilhoso, teve um almoço a bordo delicioso, com direito a uma bruschetta de queijo feta de entrada e uma macarronada de frutos do mar como prato principal, divina. Eles ainda preparam algo especial na hora para algumas pessoas que não podiam comer glúten! O passeio custou € 80,00 e valeu a pena cada centavo, é a principal dica dessa matéria.

Águas cristalinas de Kleftiko
Águas cristalinas de Kleftiko

Ficamos um bom tempo na praia de Kleftiko e o marinheiro do nosso barco fez ainda pequenos passeios, de 6 em 6 pessoas, num bote menor, para regiões que o barco grande não chegava e eram lugares incríveis que não teríamos conhecido se não fosse ele, foi tudo muito perfeito. Retornamos do passeio umas 20:30h, com direito a pôr do sol para fechar com chave de ouro.

Até agora tenho minhas dúvidas se esse lugar era real ou eu estava sonhando
Até agora tenho minhas dúvidas se esse lugar era real ou eu estava sonhando
Pausa para admirar e agradecer
Pausa para admirar e agradecer

Dia 03

No nosso terceiro dia na ilha, acordamos cedo, pegamos o carro e fomos explorar as demais praias:

Papafragas: uma pequena praia de água cristalina, entre dois paredões rochosos, formados há anos por lava de vulcão. Infelizmente tinha tido um deslizamento de terra no local e a descida para a praia estava interditada, não foi possível descer para um mergulho, apena vimos de cima, uma pena! Aliás, pude perceber que deslizamentos de terra são bem comuns na Grécia, os terrenos são extremamente instáveis. O mergulho em Papafragas ficou para uma próxima.

Booking.com
Praia de Papafragas: só conseguimos ver assim de cima
Praia de Papafragas: só conseguimos ver assim de cima

Agios Konstantinos: próxima a Papafragas, essa praia também de águas cristalinas e calmas, costuma ser mais vazia que as demais. Nesse dia não tivemos tanta sorte com o tempo, estava instável e quando o sol saía ficava um pouco frio. Então só passamos para olhar e não paramos para mergulho.

Firopotamos: outra linda praia de águas calmas e cristalinas, cercadas por montanhas que tornam o visual ainda mais especial (já está repetitivo esse lance de águas cristalinas, eu sei, mas o que eu posso fazer se a Grécia é especialista em praias paradisíacas?)! Ficamos um tempo ali, sozinhos, sem mais ninguém ao redor, aproveitando e agradecendo a oportunidade de conhecer mais essa ilha tão linda.

Praia de Firopotamos
Praia de Firopotamos

Provatas: nossa próxima parada foi na praia de Provatas, uma praia de grande extensão de areia e águas rasas! Porém, quando chegamos lá o tempo ficou novamente nublado, mas mesmo assim ficamos um tempinho ali, até partir para a próxima.

Firiplaka e Tsigrado: Perto de Provatas estão as famosas praias de Firiplaka e Tsigrado. Ambas são lindas e valem a visita. Firiplaka tem fácil acesso, mas já para mergulhar na sua vizinha, Tsigrado, é preciso descer uma colina, num caminho no meio de pedras, segurando por uma corda, mas nada impossível. Talvez pela “dificuldade” na descida, foi mais uma praia só para a gente! Recomendo descer até lá, definitivamente vale muito a pena! Depois de Sarakiniko, foram as duas praias que eu mais gostei.

A famosa Tsigrado vista ainda de cima
A famosa Tsigrado vista ainda de cima
E depois vista também de baixo, pois claro que descemos até lá para conferir
E depois vista também de baixo, pois claro que descemos até lá para conferir

Paleochori: Nossa última parada do dia foi a praia de Paleochori. Não achei uma das mais bonitas de Milos, afinal a concorrência lá é grande, mas é uma praia calma, cercada com lindos paredões de rocha avermelhadas. Em Milos não existem muitas praias com infraestrutura, mas nessa encontramos alguns restaurantes e almoçamos por lá no Restaurante Sirocco. A comida estava muito gostosa, o preço era ótimo e a vista para o mar muito agradável.

Praia de Paleochori. Como dizer adeus a essa ilha?
Praia de Paleochori. Como dizer adeus a essa ilha?

À noite, como em todos os outros dias, jantamos na região de Adamas. A Eleni, dona do nosso hotel, tinha recomendado também que jantássemos uma noite em Plaka e em Pollonia, mas eu amei tanto o centrinho de Adamas que não quis sair de lá, já que tínhamos poucas noites, além da praticidade de ser do lado do nosso hotel e não precisar pegar novamente o carro. Provamos os restaurantes Flisvos e Marianna e ambos eram muito bons.

Além dessas praias que conhecemos, Milos tem inúmeras outras lindas praias que infelizmente não deu tempo de conhecer, por isso acho que o tempo mínimo para ficar na ilha foi o tempo que ficamos, 3 noites, com pelo menos 2 dias inteiros (um para o passeio de barco a Kleftiko e outro para rodar as principais praias), menos tempo que isso não vale a pena, pois Milos é encantadora.

Outro lugar em Milos que acho que vale a pena conhecer e infelizmente não fomos é o passeio até as catacumbas, onde foi encontrada a Vênus de Milos. Mais um lugar que vai ficar para uma próxima visita. Agora que vocês já sabem o que fazer em Milos, acompanhem todo o nosso roteiro de viagem na Grécia e participem deixando seus comentários. Vamos adorar responder.

Roteiro da Grécia – Índice de Posts

Guia Completo da Grécia – todas as matérias em um só lugar

Planejamento de viagem a Grécia – Como organizar seu roteiro

Roteiro da Grécia – O que fazer em Atenas

Guia da Kefalonia, uma ilha jônica especial na Grécia

Zakynthos e a icônica Navagio Beach na Grécia

Santorini: guia de praias e o mais lindo pôr do sol da Grécia

Roteiro das praias mais lindas de Milos, na Grécia

O que fazer na badalada Mykonos (praias e festas)

Curiosidades e Fatos Históricos da Grécia Antiga

Essa dica foi útil para você? Por favor, então deixe um comentário e compartilhe também nas suas redes sociais. Este site é feito com muita dedicação e seu apoio/participação realmente nos ajudará a mantê-lo no ar.



TOP 6 DICAS PARA ECONOMIZAR NAS VIAGENS

  • SEGURO VIAGEM - Não faça a besteira de viajar sem um Seguro de Viagem. Na Europa é obrigatório! Faça uma cotação online para ver o quanto é barato viajar tranquilo. Pague no cartão de crédito em até 12x ou com desconto no boleto bancário. Use nosso cupom: VIAGENS5 para um desconto extra de 5%.
  • HOSPEDAGEM - Somos parceiros do Booking.com que garante os melhores preços de hospedagem em qualquer lugar no mundo! Você reserva antecipado, pode cancelar e alterar quando quiser. Faça a sua reserva através do nosso link.
  • CHIP DE CELULAR - Já saia do Brasil com seu Chip Internacional 4G funcionando. Tenha conexão em mais de 140 países para usar o Whatsapp, redes sociais e GPS. Já usamos o chip da EasySIM4u em diversos países e aprovamos.
  • GANHE 179 REAIS! - O Airbnb é a melhor maneira de alugar casas e apartamentos em locais únicos, com preços para todos os bolsos. Ganhe R$179 de desconto na sua primeira reserva acima de R$250. Aproveite!
  • ALUGUEL DE CARRO - Faça aqui sua cotação online entre as melhores locadoras no Brasil e no mundo. A RentCars é nossa parceira e oferece os melhores preços, em reais e sem IOF, com total segurança.
  • NOSSAS EXPEDIÇÕES - Participe das viagens que estamos organizando com nossos leitores! São roteiros exclusivos com o melhor dos destinos e hospedagens selecionadas. Junte-se aos nossos grupos VIPs e vamos viajar juntos.

LEIA TAMBÉM



Denunciar

Curtiu essa matéria?

Escrito por Mariana Macedo

Mariana Macedo é dentista, carioca, uma pessoa alto astral, de bem com a vida, que ama estar com os amigos. Apaixonada por fotografia, pôr do sol, mar, natureza, trilhas e novas experiências, não pensa duas vezes quando o assunto é viajar. Seu lema é aproveitar ao máximo cada momento! Siga no Instagram @mariandrademacedo

Comentários

Deixe um comentário
    • Oi Mari!!

      Eu estive lá no final de maio!!
      Você me pegou com essa pergunta, hehehehe, não sei te dizer quanto gastei, só sei que Milos foi uma das ilhas mais baratas que visitamos, tanto pro hotel, quanto pro aluguel do carro e pra comida!!! E vale muito a pena conhecer!! Beijo grande!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0
Cada ruazinha que se entra em Oia a vista é assim, espetacular

Roteiro da Grécia – O que fazer em Santorini

Anoitecer nos moinhos de Mykonos

Roteiro da Grécia – O que fazer em Mykonos