in , , ,

Driblando o Swell em Fernando de Noronha, por Dani e Marcio

Pôr-do-sol em Fernando de Noronha

O grupo Dicas de Noronha foi fundamental na minha viagem e como nas minhas buscas tive dificuldade em conseguir informações específicas sobre o período em que estive na ilha (início de Janeiro) resolvi correr bastante para fazer meu relato para que ajude/inspire outras pessoas assim como os relatos anteriores fizeram conosco.

Primeiramente demorei um pouquinho a entender o que alguns colegas explicavam sobre a geografia da ilha (Mar de fora, mar de dentro, etc…), o tal do Swell em Fernando de Noronha então nem se fala, sinceramente só fui entender 100% ao chegar na ilha, ao perceber principalmente que não conseguiria fazer alguns dos passeios que muitos daqui indicavam como indispensáveis, não conseguiria fotos tão lindas e com águas tão calminhas em certos locais como vi tanto por aqui… pois bem, em vez de nos lamentarmos resolvemos fazer da nossa viagem a mais incrível e inesquecível que a natureza nos permitisse e isso nos conseguimos!

Swell em Fernando de Noronha 12

Swell em Fernando de Noronha 3

As limitações só nos ajudaram a entender que teremos que fazer o grande esforço de voltar a ilha, kkkkk preferencialmente em Agosto/ Setembro, kkkk (isso virou uma brincadeira entre eu e meu marido, pq em tudo que tentávamos fazer e não conseguíamos, nos diziam: “Isso é muito melhor em Agosto/ Setembro”).

Primeiro dia – 03/01: Chegamos a ilha por volta de 11 da manhã, escolhemos o assento do lado esquerdo ( O que nos proporcionou realmente uma visão lindíssima da ilha). Do nosso voo somente nós havíamos pago antecipadamente a taxa de permanência e não pegamos nenhuma fila.

A pousada que escolhemos foi a Estrela Lunar, pousada bem diferente das outras da ilha, tem um estilo moderno. No geral ficamos satisfeitos com a pousada: Limpeza, café da manhã etc… porém, creio que se tivesse conhecido o grupo antes teria conseguido algo com melhor custo x benefício.

Lanchamos na “Lojinha da maezinha” , primeiro lugar que vimos pela frente, o nosso atendimento foi bem confuso e as tapiocas que pedimos não estavam boas e eram bem caras (nosso primeiro choque com a economia da ilha kkkk).

Swell em Fernando de Noronha 2

Andamos até a Praia da Conceição (achei uma super ladeira da pousada até lá e só pensava na volta ! kkkk), por lá alugamos cadeiras e guarda sol e ficamos observando o pessoal surfar, sim nesta época este lado da lha fica com muitas ondas. O aluguel das cadeiras e barraca sairia a 30 reais mas o rapaz não tinha troco e resolveu não cobrar! Eita! Já gostei da ilha!

No nosso primeiro por do sol fomos ao bar do meio e fiquei arrepiada! Que energia incrível! Nosso primeiro jantar foi no Cacimba, como todos por aqui sempre falavam em Cacimba Bistro eu demorei a acreditar que estava no Cacimba certo pq na entrada, bem simples, está escrito somente Cacimba rs. O ambiente lá dentro é super charmoso e tudo que provamos estava muito bom ! Destaque para o inesquecível churros!!!

Swell em Fernando de Noronha 14

Segundo dia – 04/01: Gostaríamos de ter marcado o ilha tour para esse dia mas não conseguimos então fomos nos virando. Pegamos um ônibus para o porto, eu na verdade estava na esperança de procurar o mergulho do bodão, o passeio de barco do Tio Élcio, o planasub e todas as outras coisas maravilhosas que tanto indicam. Quando chegamos ao porto as ondas passavam por cima da barreira de pedras atingindo os barcos, foi assim que conhecemos o tal Swell em Fernando de Noronha!!!

Uma coisa temos que destacar: Só conhecemos profissionais competentes e sinceros na nossa viagem! Muitos deles conhecemos neste dia … Soubemos que a visibilidade não estaria boa para o planasub e para o mergulho no porto nos próximos dias, na empresa na Onda soubemos que os passeios de barco estavam sendo cancelados porque muitas pessoas estavam passando muito mal. Neste momento percebi que a nossa viagem seria diferente da maioria que víamos no grupo.

Fomos ao museu do tubarão e almoçamos por lá, super legal e excelente custo benefício! De lá partimos para o Sueste para acompanhar a captura internacional das tartarugas e foi lindo! Elas retornaram a água pelas mãos das crianças que observavam.

Swell em Fernando de Noronha 8

O Sueste fechou as 15h (Fechou mesmo! Eu nunca imaginei ser expulsa de uma praia mas neste dia fui kkkk), depois desta experiência a primeira dica é: Não fiquem até a hora do fechamento se estiverem de ônibus, o ônibus volta lotadooooooo.

A noite fomos ao Xica da Silva , amei o ambiente e tudo que pedimos. Meu destaque vai para o Ceviche com chips de batata doce ( Sempre terá destaque pq eu adoramos comer !!! )

Terceiro dia – 05/01 (Nosso Ilha Tour): Nosso ilha tour privativo foi sem dúvida a melhor escolha que fizemos na viagem! Diante de todas as limitações que tivemos, a liberdade dos passeios ao longo do dia nos ajudou muito! Escolhemos o guia Stefano por indicações de amigos e não sabíamos que estávamos contratando um guia, um fotógrafo, um historiador, um rebocador de meninas afogadas e preguiçosas etc…kkk que Ser iluminado, paciente, criativo… perfeito!

Swell em Fernando de Noronha 13

Ao chegar ele nos perguntou o que já havíamos feito na ilha e o que tínhamos conseguido agendar e assim traçou um roteiro super diferenciado: Começamos pela piscina Caieiras (não é comum o ilhatour passar, geralmente é um passeio a parte ou a última piscina da Atalaia longa), foi maravilhoso vimos duas tartarugas enormes, fomos ao mirante do Sueste, praia do leão ( Que estava linda e calmíssima, diferente de outras épocas do ano), mergulhamos no Sueste ( Stefano me rebocou na volta kkk),a tarde fomos a Cacimba, porém as ondas nos impediram de atravessar até a Bahia dos porcos, fomos ao mirante do Sancho ( Decidimos descer um dia sozinhos) e terminamos o dia no Boldrô ( Por do sol muito legal também com uma música ao vivo bem agradável).

No final do dia pegamos uma chuva deliciosa na rua !!! Tomamos banho no temporal e terminamos o dia nas tapiocas da Babalu ( Deliciosa e baratinha 10 reais com 3 recheios rs)

Swell em Fernando de Noronha 4

Swell em Fernando de Noronha 5

Quarto dia – 06/01: Choveu a madrugada inteira e a trilha do Atalaia longa que faríamos neste dia foi cancelada, bola para frente … não conseguimos vaga nem para a curta em outro dia. Foi um bom motivo para descansar um pouquinho.

Demos um pulinho na praia do cachorro para tentar achar o buraco do Galego, a maré estava altíssima e não dava para chegar. Depois que descobrimos a tábua das marés não passamos mais por isso e só fomos na boa.

O almoço foi no Empório São Miguel, optamos pelo cardápio apesar de ter self-service e não nos arrependemos, excelente custo benefício.

A tarde fomos ao museu de Noronha e terminamos o dia no forte dos Remédios , simplesmente maravilhoso ! Subidinha cansativa mas vale um por do sol por lá.

Swell em Fernando de Noronha 6

Quinto dia – 07/01: Márcio saiu para mergulhar pela Atlantis, eu não fui pq sou muito sensível ao balanço do barco e infelizmente passo muito mal. O mergulho foi nas ilhas secundárias e a visibilidade estava ótima! Ele amou, viu tubarão, tartaruga, arraia etc… atualizando os valores : O mergulho agora está R$510 no cartão e cada foto custa r$35.

Almoçamos no Corveta, que na hora do almoço sempre oferece duas opções de prato a R$39, gostamos muito do local e das comidinhas.

Resolvemos alugar um Buggy, não conseguimos ninguém que alugasse uma diária então fechamos duas. No final da tarde fomos ao restaurante O Pico, foi um dos que mais gostamos na ilha, ele é junto com uma lojinha super charmosa! Destaque total para a rabanada com doce de leite.

Fomos a palestra do Tamar, bem interessante porém o tema do dia era: Noronha, falando sobre a geografia, história e outros detalhes da ilha. Bem interessante para quem está chegando a ilha, como já estávamos lá a um tempinho eu fiquei parecendo uma nerd na escola levantando a mão para responder tudo que o professor perguntava kkkkkk…

Swell em Fernando de Noronha 11

Sexto dia – 08/01: Fomos abastecer no único posto da ilha ( Só fica aberto de 7 as 7) e o mais emocionante que pudemos perceber é que o marcador da maioria dos buggys não funciona então vc nunca sabe se terá gasolina suficiente kkk ( Obs: A gasolina custa 6 reais).

Fomos a Cacimba no horário de maré mais baixa e ai sim atravessamos para a baia dos porcos, de lá fomos ao Sancho e a praia vale cada degrau que se desce e que se sobe , vimos várias pessoas chegando até o mirante e voltando porque achavam que não valia a descida… não façam isso!

Mais uma vez terminamos o dia no Boldró.

Swell em Fernando de Noronha 7

Sétimo dia – 09/01: Fomos no horário de maré mais baixa ao buraco do Galego e foi perfeito! Almoçamos no Varandas onde comemos uma deliciosa carne de sol com pirão de queijo e farofa crocante, lugar delicioso! Tentamos ir ao Leão mas já estava agitado então terminamos o dia mais uma vez no Sueste.

Nosso jantar de despedida foi no Mergulhão, restaurante maravilhoso com uma super vista para o Porto (pela manhã deve ser ainda mais incrível). O serviço e as comidas são incríveis mas o preço é salgadinho.

Fomos e voltamos de taxi, estes não tem taxímetro, eles seguem umas tabelinhas do restaurante a pousada, por exemplo, deu 21 reais e para o aeroporto 30 reais.

Aaaaaahhh mais uma coisa que não conseguimos kkkkkk… tentamos no nosso primeiro dia marcar o festival do Zé Maria, para a quarta feira éramos os 64° da lista de espera e para o sábado 17° ou seja…. não rolou. Então caso queiram ir marquem com a mesma antecedência que marcam seus passeios, pousada etc.

Swell em Fernando de Noronha 9

Swell em Fernando de Noronha 10

Sei que as chuvas, ondas e ventos me impediram de fazer muita coisa legal durante o Swell em Fernando de Noronha, mas a nossa viagem não foi menos especial por conta disso! Se você não está indo para Noronha em Agosto/Setembro (kkkkkkkkkkkkk) não desanime! Curta ao máximo e guarde ainda mais motivos para voltar.

Leia mais sobre Noronha

Guia de viagem completo de Fernando de Noronha

Melhores pousadas em Fernando de Noronha

Dicas de restaurantes para todos os bolsos em Noronha

10 dicas práticas para quem pretende viajar para Noronha

Faça parte do grupo Dicas de Noronha no Facebook

Por Daniele Rodrigues Santos.

Essa dica foi útil para você? Por favor, então deixe um comentário e compartilhe também nas suas redes sociais. Este site é feito com muita dedicação e seu apoio/participação realmente nos ajudará a mantê-lo no ar.



TOP 6 DICAS PARA ECONOMIZAR NAS VIAGENS

  • SEGURO VIAGEM - Não faça a besteira de viajar sem um Seguro de Viagem. Na Europa é obrigatório! Faça uma cotação online para ver o quanto é barato viajar tranquilo. Pague no cartão de crédito em até 12x ou com desconto no boleto bancário. Use nosso cupom: VIAGENS5 para um desconto extra de 5%.
  • HOSPEDAGEM - Somos parceiros do Booking.com que garante os melhores preços de hospedagem em qualquer lugar no mundo! Você reserva antecipado, pode cancelar e alterar quando quiser. Faça a sua reserva através do nosso link.
  • CHIP DE CELULAR - Já saia do Brasil com seu Chip Internacional 4G funcionando. Tenha conexão em mais de 140 países para usar o Whatsapp, redes sociais e GPS. Já usamos o chip da EasySIM4u em diversos países e aprovamos.
  • GANHE 130 REAIS! - O Airbnb é a melhor maneira de alugar casas e apartamentos em locais únicos, com preços para todos os bolsos. Ganhe R$130 de desconto na sua primeira reserva acima de R$250. Aproveite!
  • ALUGUEL DE CARRO - Faça aqui sua cotação online entre as melhores locadoras no Brasil e no mundo. A RentCars é nossa parceira e oferece os melhores preços, em reais e sem IOF, com total segurança.
  • NOSSAS EXPEDIÇÕES - Participe das viagens que estamos organizando com nossos leitores! São roteiros exclusivos com o melhor dos destinos e hospedagens selecionadas. Junte-se aos nossos grupos VIPs e vamos viajar juntos.

LEIA TAMBÉM



Denunciar

Curtiu essa matéria?

Escrito por Mauricio Oliveira

Maurício Oliveira é social media expert, fotógrafo, videomaker, consultor de turismo, blogueiro, influenciador e empreendedor. CEO do Trilhas e Aventuras, conta suas experiências de viagens no blog Viagens Possíveis e criador de inovadoras ações de marketing de turismo, o BlogTur e o VIPBloggers. Ama o que faz no seu trabalho e nas horas vagas também gosta de viajar. Siga no Instagram e no Twitter, curta no Facebook, assista no Youtube e circule Mauricio Oliveira e Trilhas e Aventuras no Google Plus.

Comentários

Deixe um comentário
  1. Valeu pelas dicas, Dani!!
    Como fucei bem todos os sites e dicas sobre noronha, já marquei a minha viagem pra setembro (kkkkkk), principalmente porque vou mergulhar muuuuuito!
    Onde fica a tapioca da Babalu?? Quero tapioca!!…rsrs
    Parabéns!…as fotos estão lindíssimas? Qual máquina você usou?…as fotos subaquaticas foram tiradas pela operadora de mergulho?
    Obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários

0 comentários

Metade do Mundo, uma das principais atrações em Quito

O que fazer em Quito, a charmosa capital do Equador

Parque Nacional da Chapada Diamantina - BA

Os TOP 10 Parques Nacionais imperdíveis no Brasil