in ,

Roteiro de 5 dias no Jalapão e os melhores fervedouros

Um roteiro exclusivo com a OFF Turismo

O que fazer em um roteiro de 5 dias no Jalapão - TO

Com a proposta de “desligar” completamente o turista e fazê-lo explorar o deserto brasileiro ao máximo, a agência OFF Turismo montou um roteiro de 5 dias no Jalapão e nos convidou para testá-lo junto com turistas em uma expedição repleta de aventuras do início ao fim.

Se você sempre quis conhecer o Jalapão saiba que existem pacotes de roteiros para todos os gostos e bolsos. Baseado em nossa mais recente experiência, acredito que esse roteiro de 5 dias no Jalapão vai te apresentar boa parte dos atrativos e ir até um pouco além do básico.

Pra facilitar a sua organização na hora de preparar uma viagem ao Jalapão vou destrinchar o roteiro de 5 dias da Off Turismo dia a dia, e separar as fotos em galerias para vocês verem tudo que nos foi apresentado diariamente. Foi bastante coisa. Vamos ao roteiro?

Organize aqui a sua Viagem para o Jalapão

+ Leia todos os posts do Jalapão
+ Encontre Hotéis e Pousadas no Jalapão até 80% OFF
+ Contrate um Seguro Viagem de aventura e vá tranquilo

Antes de continuar, assista esse vídeo que fizemos durante esse roteiro de 5 dias no Jalapão.

Dica de Roteiro de 5 dias no Jalapão

1º Dia – Palmas x Taquaruçu

Pra começar a viagem, o próprio André, da agência, foi nos pegar no aeroporto de Palmas já no carro da expedição para esse roteiro de 5 dias no Jalapão. Até Taquaruçu são aproximadamente 30 minutos de estrada. Como já chegamos próximos ao horário do almoço, assim que chegamos na cidade fomos direto para o Restaurante Café na Mata, uma das melhores opções de buffet com comida típica na cidade.

De lá partimos direto para o complexo da Cachoeira da Roncadeira e Escorrega Macaco. A segunda é uma cascatinha legal, mas a Roncadeira é realmente muito mais imponente e impressionante. São mais de 70 metros de queda, com um delicioso poço para banho. Neste ponto, uma das atividades opcionais é o rapel beirando a cachoeira. É pura adrenalina.

E para fechar o dia, fomos assistir ao pôr do sol na Pedra do Pedro Paulo. A subida foi bem desgastante devido a inclinação da trilha, mas o visual valeu a pena. Lá de cima é possível ver toda a cidade acendendo as luzes durante o anoitecer, cercada por serras e paisagens incríveis de cerrado de transição.

Nosso pernoite foi na Pousada Recanto Oriental em Taquaruçu mesmo. Uma graça de hospedagem com a temática oriental que nos recebeu cheia de boas energias e vibrações. O jantar foi lá mesmo e a comida estava uma delícia.

2º Dia – Taquaruçu x Ponte Alta do Tocantins

Acordamos cedo para darmos início a nossa viagem ao Jalapão. Após uma bela noite de sono na Pousada Recanto Oriental tomamos um café da manhã reforçado e pegamos a estrada. Uma pena não termos tido tempo para curtir melhor a piscina com cascata, o redário e todos ambientes fofos da pousada.

Passamos por Ponte Alta do Tocantins, até chegar na Lagoa do Japonês, que fica no município de Pindorama. Ela não faz parte do roteiro tradicional do Jalapão e nem está em seu território. Esse atrativo começou a ser trabalhado recentemente pelas agências como um diferencial, mas ele faz parte do circuito das Serras Gerais (tem matéria aqui no site sobre esse destino).

Apesar de distante, a Lagoa do Japonês vale cada minuto de sacolejo nas terríveis estradas da região. Ela é um paraíso! E tem toda a infraestrutura que você precisa para passar o dia se quiser. Tem aluguel de sapatilha de Neoprene (devido as pedras cortantes da lagoa), tem flutuadores tipo macarrão, tem tirolesa, banheiros, área de piquenique e até restaurante e bar.

Depois de curtir bastante a lagoa, nosso almoço foi no Restaurante Dona Minervina, que é uma personalidade no local. O carro chefe é a galinha caipira e outras delícias feitas no fogão a lenha. Várias agências costumam parar lá para deixar o almoço agendado. Ainda tiramos até foto com ela para guardar de recordação.

Seguimos viagem para dar tempo de pegar o pôr do sol na Pedra Furada, um dos pontos mais bonitos de toda a viagem. E ele não decepcionou. Tem 3 arcos lindos na formação rochosa, mas as pessoas estavam fazendo fila em apenas um deles. Vale muito a pena sentar-se no mirante e apreciar o céu mudando de cores. Se você curte meditação, esse é um bom lugar.

Passamos a noite na Pousada Águas do Jalapão, talvez uma das maiores que eu vi em toda a viagem. Tem diversos leitos e área grande de convivência. Perfeito para grupos. Quarto espaçoso com ar condicionado, Wi-Fi grátis, piscina, sala de massagem, bar e restaurante. Muito bom.

3º Dia – Parque Estadual do Jalapão

Acordamos cedo com o cantar dos pássaros e alguns tucanos voando bem em frente aos nossos quartos. O destino final do dia é Mateiros, já dentro do Jalapão. Mas antes de pegar a estrada, um belo café da manhã nos aguardava na Pousada Águas do Jalapão.

A primeira parada foi no Cânion Sussuapara, cenário da abertura da novela global “O Outro Lado do Paraíso”. O lugar é realmente encantador e de fácil acesso. Tem até uma escada que leva até a parte de baixo do cânion. Lá dentro o cenário se revela com raízes aéreas gotejando pelas paredes de pedra e no fim, um pequeno poço para banho.

Seguindo viagem, paramos para almoçar no Restaurante Flor do Jalapão, que fica numa pequena comunidade na beira da estrada. A comida caseira feita no fogão a lenha tem um gosto todo especial. Uma delícia. Do outro lado da rua tem uma sorveteria com frutas típicas e, na grande maioria, desconhecidas por nós.

Logo perto estava a Prainha do Rio Novo, onde ficamos descansando um pouco e aproveitando para nos refrescar do calor do Jalapão. O Rio Novo é um dos poucos rios de água potável existentes no mundo, com água cristalina e praias de areia nas suas margens. Aproveite esse momento único!

Ainda tinha mais estrada pela frente… Uma linha reta de areia e barro vermelho, com a Serra do Espírito Santo de fundo emoldurando a paisagem. E em um dos areais acabamos ficando atolados. Por sorte foi coisa rápida e conseguimos tirar o carro sem perder muito tempo.

Estava chegando um dos momentos mais esperados da viagem. O pôr do sol nas Dunas do Parque Estadual do Jalapão é, na minha humilde opinião, um dos cartões-postais do Jalapão, e por isso mesmo está no roteiro padrão de todas as agências. Infelizmente havia uma nuvem no horizonte que cobriu um pouco, mas ainda assim foi incrível viver aquele momento.

Chegamos em Mateiros e fomos jantar antes de ir para a pousada. Acabamos comendo um churrasquinho de espetos e com feijão tropeiro, arroz e aipim frito num restaurante pertinho da hospedagem. Eu amo tudo isso! Passamos a noite na Pousada do Baxim.

4º Dia – Mateiros

Depois de uma tranquila noite de sono para repor as forças, levantamos cedo para começar o dia intenso de fervedouros e cachoeiras que estava por vir. O café da manhã foi bem servido e cheio de coisas gostosas. A Pousada do Baxim tem quartos espaçosos, Wi-Fi grátis, área de serviço, restaurante e estacionamento.

O primeiro atrativo que visitamos foi o Fervedouro do Ceiça, um dos primeiros a serem descobertos e abertos à visitação no Jalapão. Pegamos ele vazio, o que foi perfeito para curtir sem pressa e tirar boas fotos. O primeiro mergulho em um fervedouro a gente nunca esquece!

Saindo de lá, fomos até a Comunidade Mumbuca para a compra de artesanato de Capim Dourado. O local é o favorito de todos que visitam o Jalapão, pois tem a maior quantidade e variedade de peças de todos os artesãos da região. O preço também é excelente, mas leve dinheiro, pois eles não aceitam cartão de crédito (no momento).

Em seguida fomos para a Cachoeira do Formiga. É impressionante a cor azulada e transparência da água. É um dos pontos altos de qualquer roteiro de viagem para o Jalapão. O local oferece estrutura de restaurante e bar, mas o que as pessoas querem mesmo é ficar o máximo possível aproveitando suas águas cristalinas, considerada por muitos uma das cachoeiras mais bonitas do Brasil.

Roteiro de 5 dias no Jalapão - TO
Roteiro de 5 dias no Jalapão – TO

O próximo foi o Fervedouro Encontro das Águas, pequeno, porém potente. É impossível afundar nele. Logo ao lado tem o encontro dos rios Formiga e Sono. Um amarelado e frio, e o outro azulado e morno. Vale a pena dar um mergulho e sentir a temperatura da água mudar. O lugar é lindo.

A essa altura já estávamos famintos! O almoço foi no Restaurante do Sr. Neucir na Comunidade do Carrapato. Foi uma das melhores refeições que fizemos no Jalapão. Estava tudo muito gostoso e tinha bastante variedade de pratos e sucos. Nos fundos do restaurante tem um redário na sombra para descansar antes de seguir viagem.

Não perdemos tempo e fomos direto para o Fervedouro do Buritizinho. É o menor e mais fraco, porém é o que tem a água mais azul e cristalina. Parece um aquário! É impressionante. Acho que é o mais bonito de todos (o que você acha?). No atrativo também tem um restaurante e estacionamento.

De lá seguimos para o Fervedouro das Macaúbas, que tem uma peculiaridade. Ao pisar nas areias das bordas, o pé vai afundando e temos a sensação de pequenos choques. É bem legal. O deck de frente ao fervedouro oferece oportunidade para lindas fotos. Aproveitem.

E para fechar o dia, fomos ter uma experiência diferente no Fervedouro do Alecrim e tomar banho a noite. Não é tão bonito quanto de dia, mas achei legal a experiência. Apesar de estar mais fresquinho o tempo, eu não senti frio, mas recomendo levar uma toalha para se secar. O jantar foi no restaurante lá mesmo e foi impecável. Tinha bastante variedade de pratos e estava tudo delicioso.

A pernoite foi na Pousada Encantos do Jalapão que tem uma pegada bem diferente. São chalés de metal revestidos em alvenaria e bastante espaçosos, com ar-condicionado e varanda. A noite estava bem fresquinha e foi uma delícia dormir ao som dos animais do cerrado.

5º Dia – São Félix x Palmas

Ao amanhecer, pude explorar melhor a Pousada Encantos do Jalapão. Tem um riozinho passando dentro da propriedade, que é bastante espaçosa. A área de restaurante é super agradável e foi onde tomamos um delicioso café da manhã. O detalhe é que alguns utensílios eram feitos de capim dourado. Um capricho simples, mas bem legal.

E pra fechar o Jalapão com chave de ouro fomos conhecer o Fervedouro Bela Vista. Definitivamente este é o que tem melhor infraestrutura para receber o turista e é enooooorme. Além do deck, eles construíram uma plataforma de 5 metros de altura para quem quiser apreciar o fervedouro do alto. As fotos lá de cima ficam lindas. Eles ainda têm chalés espaçosos como meio de hospedagem e um enorme restaurante no esquema buffet e cardápio.

Saindo de lá, começamos a viagem de volta para Palmas. Antes demos uma parada na estrada mesmo para apreciar a linda Serra da Catedral. É impressionante como a natureza esculpiu ao longo de milhares de anos uma parede tão perfeita. Realmente lembra uma catedral.

Nosso almoço foi na Fazenda Rosalina. Foi a primeira vez que comemos peixe no Jalapão. Eles prepararam uma deliciosa moqueca para o grupo, mas tinham outras opções de carne também. A refeição foi servida debaixo de um enorme pé de manga e tivemos ainda a companhia de um dos seus papagaios de estimação voando livremente.

A fazenda fica aos pés do Morro Vermelho, que são formações rochosas avermelhadas que ganham tons ainda mais vibrantes no final do dia com o pôr do sol. O lugar é lindo demais e vale a pena dar pelo menos uma parada para fotos.

Na volta pra Palmas tivemos alguns contratempos na viagem que foram rapidamente resolvidos. O carro faltou combustível! Pra nossa sorte já estávamos dentro da cidade, há duas esquinas de um posto de gasolina. Como uma das turistas tinha um voo mais cedo, o André chamou um Uber que a levou direto para o aeroporto, enquanto esperávamos resolver os problemas do carro.

Uma coisa que eu sempre falo é que o Jalapão é bruto e não perdoa amadorismo por lá. Parece que Murphy está viajando sempre do nosso lado. Um mero deslize e já era. O Jalapão castiga o corpo com as estradas esburacadas e o carro também. Mas a melhor parte é lembrar dos amigos que fiz (PARA SEMPRE) e de todas as experiências maravilhosas que vivemos juntos durante esse Roteiro de 5 dias no Jalapão.

Esse roteiro de 5 dias no Jalapão com a OFF Turismo foi aprovado por todo o grupo. Praticamente éramos os únicos nos melhores fervedouros, que estão sempre lotados com fila de espera para poder entrar. O André fez mágica para conseguir isso e tornar nossa viagem ainda mais especial.

PARA CONTRATAR A OFF TURISMO

Site: www.offturismo.com.br
Cel: +55 (63) 98462-4750 (André)
Email: [email protected]
Instagram: @offturismopn

OBS: Diga que viu a matéria aqui no Trilhas e Aventuras. 😉

Essa dica foi útil para você? Por favor, então deixe um comentário e compartilhe também nas suas redes sociais. Este site é feito com muita dedicação e seu apoio/participação realmente nos ajudará a mantê-lo no ar.



TOP 6 DICAS PARA ECONOMIZAR NAS VIAGENS

  • SEGURO VIAGEM - Não faça a besteira de viajar sem um Seguro de Viagem. Na Europa é obrigatório! Faça uma cotação online para ver o quanto é barato viajar tranquilo. Pague no cartão de crédito em até 12x ou com desconto no boleto bancário. Use nosso cupom: VIAGENS5 para um desconto extra de 5%.
  • HOSPEDAGEM - Somos parceiros do Booking.com que garante os melhores preços de hospedagem em qualquer lugar no mundo! Você reserva antecipado, pode cancelar e alterar quando quiser. Faça a sua reserva através do nosso link.
  • CHIP DE CELULAR - Já saia do Brasil com seu Chip Internacional 4G funcionando. Tenha conexão em mais de 140 países para usar o Whatsapp, redes sociais e GPS. Já usamos o chip da EasySIM4u em diversos países e aprovamos.
  • GANHE 130 REAIS! - O Airbnb é a melhor maneira de alugar casas e apartamentos em locais únicos, com preços para todos os bolsos. Ganhe R$130 de desconto na sua primeira reserva acima de R$250. Aproveite!
  • ALUGUEL DE CARRO - Faça aqui sua cotação online entre as melhores locadoras no Brasil e no mundo. A RentCars é nossa parceira e oferece os melhores preços, em reais e sem IOF, com total segurança.
  • NOSSAS EXPEDIÇÕES - Participe das viagens que estamos organizando com nossos leitores! São roteiros exclusivos com o melhor dos destinos e hospedagens selecionadas. Junte-se aos nossos grupos VIPs e vamos viajar juntos.

LEIA TAMBÉM



Denunciar

Curtiu essa matéria?

Escrito por Mauricio Oliveira

Maurício Oliveira é social media expert, fotógrafo, videomaker, consultor de turismo, blogueiro, influenciador e empreendedor. CEO do Trilhas e Aventuras, conta suas experiências de viagens no blog Viagens Possíveis e criador de inovadoras ações de marketing de turismo, o BlogTur e o VIPBloggers. Ama o que faz no seu trabalho e nas horas vagas também gosta de viajar. Siga no Instagram e no Twitter, curta no Facebook, assista no Youtube e circule Mauricio Oliveira e Trilhas e Aventuras no Google Plus.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários

0 comentários

Principais tendências do turismo de luxo para 2020