in , ,

Roteiro de 4 dias em Santiago do Chile e arredores

Essa história é sobre uma viagem ao Chile, um dedo quebrado e nenhuma desculpa. Tudo planejado, mala pronta e uma noite antes, a sortuda que vos escreve bate o dedinho do pé na cama. Resultado: dedo quebrado e pé enfaixado. Mas como disse o médico que me atendeu na emergência, “não será um dedinho quebrado que vai impedir essa viagem” e assim foi. Nessa mesma trip, ainda fomos 4 dias para o Deserto do Atacama, mas isso é assunto para um outro post. Segue o relato da viagem e dicas de o que fazer em Santiago do Chile e arredores, de botinha ortopédica.

Como de costume, saímos com bastante antecedência de Porto Alegre. Durante a espera em Guarulhos, aproveitei para dar uma passadinha no posto médico somente para me certificar que o curativo estava ok. Fui super bem atendida pelo plantonista.

No checkin, ainda não habituada a minha condição de “mobilidade reduzida”, entrei na fila normal e logo em seguida um funcionário da empresa já me passou como prioridade, ofereceu cadeira de rodas e me alocou num assento da frente da aeronave, com mais espaço. O voo foi relativamente tranquilo (o pé inchou bastante), mas ver a Cordilheira dos Andes lá de cima faz a gente esquecer qualquer dorzinha.

O que fazer em Santiago do Chile

Nosso voo chegou por volta das 22h e já no desembarque negociamos o transfer para o hotel. O transporte público é bem eficiente, mas àquela hora, com malas grandes e pé doendo, foi a melhor opção.

Santiago é uma cidade que apesar de rodeada por montanhas, é bem plana. O que facilitou e muito minhas andanças “meio mancas”. Entre uma paradinha e outra, para pôr o pé pra cima, foi possível conhecer Plaza das Armas e Catedral Metropolitana, Mercado central, Patio Bellavista (reúne bares e restaurantes da moda). Cerro de San Cristóbal (e Santuário Imaculada Conceição), onde é possível subir e descer de funicular, uma espécie de bondinho que já vale o passeio, e Cerro de Santa Lucia. Estes dois parques tem vistas espetaculares da cidade.

No centro também ficam as ruas Augustina e Moneda conhecidas pelas casas de câmbio, vale a pena dar uma volta e comparar os preços. Acredito ser a maneira mais pratica e segura. Fechamos os passeios dos próximos dias e compramos o chip de internet, tudo por ali mesmo. Ter internet local foi bem mais barato que usar roaming, e combinando com wifi eventual, durou a viagem inteira e permitiu contato direto e rápido com nossos guias.

Não deixe de fazer a visitação interna ao Palácio de la Moneda e acompanhar a troca da guarda. Além da arquitetura incrível, você aprende mais sobre a formação política do país. Convém fazer a reserva com antecedência, através do site. Por ser um prédio público e em funcionamento, eles tendem a ser rigorosos com documentação e horários marcados.

Imperdível também é o Shopping Costanera Center, que além de ser o maior da América Latina, possui a Sky Costanera, uma torre integrada de 61 andares, cujo topo a vista é de 360º da cidade.

E como não podia faltar comida nesse relato, você não pode deixar de provar: as empanadas (parecido com nosso pastel assado), estão em todos os cantos, das padarias às banquinhas de rua; mote com huesillo, bebida doce feita de suco de pêssego com canela servido com grãos de milho no fundo do copo (eu particularmente achei meio estranho mas valeu a experiência); ceviche ou qualquer outro prato de frutos do mar, mas sou suspeita para falar porque eu amo.

Valle Nevado em um bate e volta

Distante uns 60km da capital, é possível fazer um bate e volta até Valle Nevado só para conhecer, pois fora da temporada o resort e comércio local ficam fechados. Já na saída pro passeio, paramos numa loja de aluguel de equipamentos, eles tem de tudo, mas optamos apenas pelas botinhas especiais pra caminhar na neve, o que fez toda a diferença (principalmente porque uma parte já estava derretendo e virando lama). Aluguei a do pé esquerdo um número maior, para ficar mais confortável.

A temporada normalmente vai de junho a setembro, mas tivemos muita sorte, e justo nesse ano teve neve até novembro. Não o suficiente para reabrir as estações de esqui, mas deu pra brincar bastante. Além de seguir a recomendação do médico e ‘fazer gelo’ no dedo quebrado!

Se você é daqueles que enjoa no carro, aconselho a tomar um remedinho antes da viagem, pois a subida tem uma vista linda mas também é cheia de curvas super fechadas, daquelas que passa um carro só de vez.

Tour de Vinícolas próximas a Santiago

O Chile é reconhecido pelos seus excelentes vinhos e é claro que um passeio desses não poderia ficar de fora. A região das vinícolas chilenas fica um pouco afastada da cidade, mas é possível ir de transporte público, dependendo de qual você escolher precisará adicionar uma pequena caminhada ou combinar dois meios de transporte.

A maioria delas oferece tours guiados, com degustação. Evite ir dirigindo para não perder essa experiência. Você pode reservar pela internet, ou com uma agencia de turismo local que normalmente já tem horários marcados e oferece transporte. Tivemos oportunidade de visitar a Viña Undurraga, e Viñedos Emiliana, especializada em vinhos orgânicos.

Dica: se você gosta de vinhos, pode tirar um dia inteiro para visitar mais vinícolas, pois os passeios são relativamente curtos e não muito caros.

Vinha del Mar e Valparaíso

Passeio tipo 2 em 1; pode ser feito os dois em apenas um dia, já que uma cidade fica ao lado da outra. Passando por áreas de plantações, vinícolas e pomares, chega-se ao litoral banhado pelo gelado Oceano Pacífico. Que infelizmente não pude desfrutar para não correr o risco de molhar o pé machucado.

Valparaíso mistura arquitetura antiga e nova, subidas em ruas estreitas e casinhas coloridas. Não deixe de subir o ‘ascensor’ Artilhería, elevador que mais parece um bondinho, até o Passeio 21 de Mayo e desfrutar da vista de toda a baia. Outro ponto imperdível é ‘La Sebastiana’, casa de Pablo Neruda, hoje transformada em museu. Guarda além dae umas melhores vistas pro porto, a história desse poeta chileno reconhecido e amado internacionalmente.

Viña del Mar te transporta ao século passado com todo seu requinte e sofisticação, nas mansões familiares, na organização urbana e no glamoroso Casino Municipal. Anualmente é palco de um dos mais conhecidos eventos de música, o Festival da Canção de Viña del Mar.

O Chile é um país lindo, com um povo acolhedor e paisagens tão diferentes entre si que deixam a gente até tonta. Ilha de Páscoa e Patagônia (além do Atacama), seria mais do que óbvio dizer que vale a pena conhecer, mas de tão grandiosas merecem uma viagem exclusiva para cada. E já estão na lista.

VEJA TAMBÉM: Tour para Cajon Del Maipo e Embalse El Yeso a partir de Santiago

O fato de eu ter ido de botinha ortopédica e com dor (moderada mas existente) não atrapalharam em nada a experiência dessa viagem. Pode ter tornado diferente em alguns pontos, como caminhadas com paradas estratégicas ou noites de vinho e TV no hotel, mas em nada me privaram de viver o lugar. O cansaço dobrado (por acabar forçando demais a outra perna) e a dor me acompanharam durante a viagem, não nego, mas faria tudo de novo. Caminhei nas ruas, nos parques e até na neve, subi e desci morro, andei de trem, de ônibus e não me arrependi em nenhum momento.

Longe de mim comparar meu dedo quebrado com as dificuldades de pessoas com limitações mais severas devem enfrentar, como cadeirantes ou deficientes visuais, mas espero que tenha conseguido transmitir a mensagem de que pra tudo tem um jeito. E de que nós, como, turistas ou moradores, tenhamos um olhar mais atento e solidário as pessoas ao nosso redor.

Essa dica foi útil para você? Por favor, então deixe um comentário e compartilhe também nas suas redes sociais. Este site é feito com muita dedicação e seu apoio/participação realmente nos ajudará a mantê-lo no ar.



TOP 6 DICAS PARA ECONOMIZAR NAS VIAGENS

  • SEGURO VIAGEM - Não faça a besteira de viajar sem um Seguro de Viagem. Na Europa é obrigatório! Faça uma cotação online para ver o quanto é barato viajar tranquilo. Pague no cartão de crédito em até 12x ou com desconto no boleto bancário. Use nosso cupom: VIAGENS5 para um desconto extra de 5%.
  • HOSPEDAGEM - Somos parceiros do Booking.com que garante os melhores preços de hospedagem em qualquer lugar no mundo! Você reserva antecipado, pode cancelar e alterar quando quiser. Faça a sua reserva através do nosso link.
  • CHIP DE CELULAR - Já saia do Brasil com seu Chip Internacional 4G funcionando. Tenha conexão em mais de 140 países para usar o Whatsapp, redes sociais e GPS. Já usamos o chip da EasySIM4u em diversos países e aprovamos.
  • GANHE 179 REAIS! - O Airbnb é a melhor maneira de alugar casas e apartamentos em locais únicos, com preços para todos os bolsos. Ganhe R$179 de desconto na sua primeira reserva acima de R$250. Aproveite!
  • ALUGUEL DE CARRO - Faça aqui sua cotação online entre as melhores locadoras no Brasil e no mundo. A RentCars é nossa parceira e oferece os melhores preços, em reais e sem IOF, com total segurança.
  • NOSSAS EXPEDIÇÕES - Participe das viagens que estamos organizando com nossos leitores! São roteiros exclusivos com o melhor dos destinos e hospedagens selecionadas. Junte-se aos nossos grupos VIPs e vamos viajar juntos.

LEIA TAMBÉM



Denunciar

Curtiu essa matéria?

Escrito por Vanessa Kaupe

Vanessa Kaupe é turismóloga por formação e turista por paixão. Pós-graduada em meio ambiente, por acreditar que cada um pode fazer a sua parte por um mundo melhor. Apaixonada por viagens, aviação e fotografia. Qualquer tempo livre é uma oportunidade de conhecer algum lugar novo. Sigam no Instagram: @nanakaupe

Comentários

Deixe um comentário
    • Vale muito a pena mesmo…. Santiago eh uma cidade bem organizada é muito fácil de se locomover… Valle nevado e litoral ficam super perto então mais fácil ainda de conhecer….

  1. Chile é um dos meus sonhos! Quero fazer essa foto segurando a neve! E as dicas pra economizar sempre são úteis hehehe parabéns pelo texto!

  2. Olá, você foi em junho desse ano? Pelas suas roupas não parecia estar muito frio, vou agora em setembro, e estou um pouco preocupado com a quantidade de roupas de frio. Você precisou de roupas muito pesadas em Santiago?

    • Oi Dayane, eu fui em novembro… estava um clima bem ameno… como minha primavera aqui no sul… acredito que setembro esteja quentinho de dia e mais frio a noite… eu sempre confiro as temperaturas nos sites oficiais ou blogs… na dúvida leva uma blusa térmica e meia calça que não tem erro… te ajudei um pouquinho?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários

0 comentários

Santa Bárbara, a cachoeira mais linda do Brasil

Destinos de lua de mel para todos os tipos de sonhos (e bolsos)