in ,

A incrível mistura da antiga e da nova Montreal

Montreal - Place Jacques Cartier e, ao fundo, Hotel de Ville de Montréal

Para quem ama viajar uma coisa é certa: o Canadá é um dos melhores destinos para se conhecer e se esbaldar em uma mistura gostosa de povos, culturas, comidas e, claro, de línguas. Descubra o que fazer em Montreal e apaixone-se pela cidade.

Não importa se for inverno ou verão, o charme do país paira pelo ar a qualquer época do ano e isso faz com que quem viaja para lá uma vez já pensa em retornar o mais breve possível. E isso tem relação direta com as muitas opções de roteiros incríveis tanto na costa leste como na oeste.

A cidade de Montreal (ou Montréal em francês) é uma das cidades que mantém um destaque especial justamente pelo seu incrível poder de unir duas características super bacanas: manter de forma firme o francês e o inglês como línguas oficiais; e a sua história antiga que está em cada prédio ou rua contando com detalhes a vida de uma cidade encantadora em seus tempos antigos.

Montreal - Biosphère, no Parc Jean Drapeau
Montreal – Biosphère, no Parc Jean Drapeau

Atualmente é a segunda maior cidade com a predominância da língua francesa no mundo (depois de Paris , claro). É por isso que não é comum se espantar ao pedir alguma informação na rua em inglês e a pessoa responder em francês que não sabe falar inglês e você então pensa: “estou perdido” (caso você não saiba francês).

Nos dias que estivemos por lá isso foi bem comum, mas o esforço do pessoal demonstrou a sua simpatia e receptividade, fazendo com que mais um episódio daquele “estando em qualquer lugar do mundo eu me viro” se tornou realidade até tudo se encaixar e a viagem continuar dentro da normalidade.

Hospitais e escolas direcionadas à população que fala a língua inglesa e outros para a língua francesa, placas de sinalização de trânsito, entre outros detalhes, nos fizeram perceber que mais do que nunca estamos vivendo em uma época em que saber mais do que um idioma é faz toda a diferença tanto pessoal como profissionalmente.

Montreal - Casas típicas no bairro Plateau
Montreal – Casas típicas no bairro Plateau

Mas detalhes pontuais à parte, vamos falar sobre o que essa cidade incrível oferece além do bom e velho Jazz?

9 dicas sobre o que fazer em Montreal

Mont Royal Park (Parc du Mont-Royal): Projetado pelo mesmo arquiteto responsável pelo Central Park de Nova York , nos Estados Unidos, e situado praticamente no centro da cidade, o “Monte Real”, que deu origem ao nome da cidade, é o principal ponto turístico da cidade na nossa opinião. Com uma vista incrível da cidade, o local abriga um parque super bacana e com ótima infraestrutura para descanso e prática de esportes (inclusive esqui). Site: lemontroyal.qc.ca;

Oratório de Saint Joseph: basílica construída bem próxima ao Mont Royal Park e considerada patrimônio do Canadá atrai a atenção de muitos turistas que por ali passam, tendo a sua construção iniciado por volta do ano de 1900;

Old Montreal ou Vieux-Montréal (Montreal antiga): Ao chegar à estação central o primeiro local a conhecer foi esse bairro incrível e ele é justamente o ponto de partida para conhecer o restante da cidade. Repleto de prédios antigos e com arquitetura clássica do século XVIII, mantém as características da época bem vivas o que proporciona um ambiente charmoso e muito agradável. Um passeio a pé pela Rue Saint Paul Ouest e visitar a Catedral de Notre Dame são dicas imperdíveis, literalmente. A Catedral, que fica na frente da Place d’Armes square, é uma das mais lindas do mundo e também é considerada um dos símbolos mais importantes de Old Montreal, com estilo Gótico e detalhes em azul, ouro e prata. A entrada custa cinco dólares canadenses e é possível fazer uma visita guiada (de acordo com os horários estabelecidos no local). Outro lugar imperdível é a Place Jacques Cartier, uma grande calçada com restaurante e pintores de rua bem em frente ao imponente Hotel de Ville de Montréal;

Montreal - Place Jacques Cartier e, ao fundo, Hotel de Ville de Montréal
Montreal – Place Jacques Cartier e, ao fundo, Hotel de Ville de Montréal

Old Port (Vieux-Port): Muito embora não seja um porto em funcionamento continua sendo palco para diversas atrações culturais ou até mesmo para simples passeios e caminhadas. Durante o inverno é construída uma pista de patinação no gelo o que atrai a atenção de muitos habitantes e corajosos turistas;

Chinatown: como em qualquer grande cidade ao redor do mundo, não seria diferente: Montreal também tem a sua e ela está localizada bem próximo da estação de metrô Place-d’Armes oferecendo o que há de melhor da cultura chinesa;

Plateau Mont-Royal: para aqueles que gostam de andar pela cidade, descobrir caminhos alternativos, encontrar bons restaurantes e sentir Vida pelas ruas não pode deixar de conhecer o bairro Plateau Mont-Royal. Repleto de casas lindas com escadarias na área externa (que nos remetem a filmes norte-americanos), bares, restaurantes e lojas, o local é indicado justamente para relaxar e ter bons momentos;

Parc Jean Drapeau: para nós, senão o melhor, um dos melhores lugares da cidade. Formado por duas ilhas (Île Notre-Dame, artificial, e Saint Helen), o parque é enorme e abriga o circuito de Fórmula 1 Gilles-Villeneuve, além de ser palco de diversos outros eventos a nível mundial, como a Expo 67. Para quem gosta de corrida de carros é possível conhecer o autódromo e, inclusive, passear por ele mediante pagamento de ingresso. Aos que preferem natureza: caminhar ou pedalar pelo parque é o mais indicado apreciando as belas paisagens com as famosas árvores “Mapple” (no outono é a melhor pedida!), os animais que por ali habitam e também conhecer um pouco da chamada Biosphère, o único museu da América do Norte que se dedica exclusivamente ao meio ambiente e apresenta uma estrutura futurística em formato de domo, construída para ser pavilhão doa Estados Unidos da América na mencionada Expo 67, atualmente um dos diversos cartões postais da cidade. Para maiores informações: parcjeandrapeau.com

Parc Olympique: mundialmente famoso, o Parque Olímpico foi sede das Olimpíadas de Verão de 1976 com capacidade para 60 mil pessoas. Porém, a sua principal atração é a Tour Montréal (Torre Montreal), a mais alta e inclinada do mundo, possuindo um observatório que proporciona aos visitantes uma visão privilegiada da cidade;

Montreal - Parque Olímpico
Montreal – Parque Olímpico

Diversos: os mercados populares estão espalhados pelos bairros e servem como dica para visitas, assim como o Chateau Ramezay, primeira construção a ser considerada um monumento histórico em Quebéc, construída na Velha Montreal durante o século 18. Além disso uma visita ao Le Village, local muito visitado por turistas e locais, pode ser uma boa opção para ao público LGBT, inclusive com restaurantes, lojas e museus espalhados por toda a sua área.

Montreal é a típica cidade que merece ser aproveitada da melhor forma possível, justamente por oferecer tantas atrações que deixam saudade e gostinho de quero mais.

Se você está no Canadá ou está programando uma viagem para lá informamos que é possível fazer um roteiro de trem partindo de Toronto a Montreal (com stopover – parada gratuita por alguns dias – em Ottawa, desde que solicitada na hora da compra do ticket na estação de trem), sendo possível seguir até a cidade de Quebec. Os trens da empresa VIA Rail são confortáveis e possuem wi-fi de ótima qualidade.

Depois disso tudo resta a pergunta: tem como não amar o Canadá? Gostaram das nossas dicas de o que fazer em Montreal? Envie mais dicas pra gente pelos comentários.

Essa dica foi útil para você? Por favor, então deixe um comentário e compartilhe também nas suas redes sociais. Este site é feito com muita dedicação e seu apoio/participação realmente nos ajudará a mantê-lo no ar.



TOP 6 DICAS PARA ECONOMIZAR NAS VIAGENS

  • SEGURO VIAGEM - Não faça a besteira de viajar sem um Seguro de Viagem. Na Europa é obrigatório! Faça uma cotação online para ver o quanto é barato viajar tranquilo. Pague no cartão de crédito em até 12x ou com desconto no boleto bancário. Use nosso cupom: VIAGENS5 para um desconto extra de 5%.
  • HOSPEDAGEM - Somos parceiros do Booking.com que garante os melhores preços de hospedagem em qualquer lugar no mundo! Você reserva antecipado, pode cancelar e alterar quando quiser. Faça a sua reserva através do nosso link.
  • CHIP DE CELULAR - Já saia do Brasil com seu Chip Internacional 4G funcionando. Tenha conexão em mais de 140 países para usar o Whatsapp, redes sociais e GPS. Já usamos o chip da EasySIM4u em diversos países e aprovamos.
  • GANHE 179 REAIS! - O Airbnb é a melhor maneira de alugar casas e apartamentos em locais únicos, com preços para todos os bolsos. Ganhe R$179 de desconto na sua primeira reserva acima de R$250. Aproveite!
  • ALUGUEL DE CARRO - Faça aqui sua cotação online entre as melhores locadoras no Brasil e no mundo. A RentCars é nossa parceira e oferece os melhores preços, em reais e sem IOF, com total segurança.
  • NOSSAS EXPEDIÇÕES - Participe das viagens que estamos organizando com nossos leitores! São roteiros exclusivos com o melhor dos destinos e hospedagens selecionadas. Junte-se aos nossos grupos VIPs e vamos viajar juntos.

LEIA TAMBÉM



Denunciar

Curtiu essa matéria?

Escrito por Tiago Imperatori

Tiago Imperatori é um cara brincalhão, sempre de bem com a vida e com uma vontade enorme de conhecer tudo e todos. Advogado, mochileiro, viajante, apaixonado por fotografia e pelo mundo. Siga-o no IG: @imperatoriwanderlust

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários

0 comentários

O Guia do Viajante do Caminho de Santiago – Uma Vida em 30 dias

O Guia do Viajante do Caminho de Santiago – Uma Vida em 30 dias

Com o Birdie, basta jogar sua câmero pro alto e se divertir

Birdie: Faça fotos e vídeos aéreos com a GoPro como se fosse um Drone