in , ,

14 viagens de trem para conhecer o estado de São Paulo

Trem turístico na cidade de São João del Rei, MG - Foto: Renan Carvalhais

Sim, ainda é possível viajar de trem pelo Brasil. Apesar de a nossa malha ferroviária destinada a transporte de pessoas ter sido quase extinta na segunda metade do século XX, há uma tendência no país para se recuperar partes de ferrovias e maquinário abandonados para serem usados em passeios turísticos.

São trechos curtos, que duram algumas horas de passeio, mas que oferecem um visual e uma sensação mista de nostalgia e aventura inesquecíveis. Mas há, também, alguns roteiros mais longos, que cruzam de um estado para outro. É o caso do trem de passageiros da Estrada de Ferro Vitória-Minas, operada pela Vale, e que liga Belo Horizonte (MG) a Vitória (ES) e o trem de passageiros da Estrada de Ferro dos Carajás, também operada pela Vale, que liga São Luís (MA) a Parauapebas (PA).

Os Saltimbancos Trapalhoes - 1981
Os Saltimbancos Trapalhões – 1981

Nesta primeira parte, vamos conhecer as viagens de trem pelo estado de São Paulo. São 14 passeios na capital e no interior que contam muita história e oferecem lindas paisagens.

1 – Expresso Turístico – Paranapiacaba

Expresso Turístico Paranapiacaba / Foto: Renan Carvalhais
Expresso Turístico Paranapiacaba / Foto: Renan Carvalhais

Encravada na Serra do Mar, esta charmosa vila projetada pelos ingleses na segunda metade do século XIX, durante a construção da ferrovia que liga Santos a Jundiaí, recebe todos os fins de semana milhares de turistas em busca de trilhas, cachoeiras com vista panorâmica do litoral paulista, museus sobre a ferrovia ou apenas para almoçar nos aconchegantes restaurantes familiares com comida caseira feita em fogão a lenha.

O trem, com vagões de passageiros reformados da década de 60, sai das estação Luz e Santo André e faz o percurso de 45 quilômetros em uma hora e meia. Todo o trajeto é acompanhado por monitores que dão informações históricas sobre a ferrovia paulista e as estações da CPTM. Todos os anos, no mês de julho, acontece em Paranapiacaba o Festival de Inverno com comidas típicas, shows de bandas famosas, bebidas quentinhas e muita neblina, como se fosse na Inglaterra. Para quem gosta de pedalar, é possível comprar um bilhete extra para levar sua bicicleta no trem por apenas R$5.

Serviço

Embarque: estação da Luz e estação Santo André

Quando: todos os domingos, às 8h30 (estação da Luz) e às 9h (estação Santo André). O trem retorna de Paranapiacaba às 16h30

Quanto: R$45. Confira no site da CPTM as promoções para grupos com mais de duas pessoas

Onde comprar: A passagem pode ser adquirida todos os dias, das 9 às 18​h, nas bilheterias das estações Luz e Santo André. O bilhete de trem não contempla os passeios locais.

Site: http://goo.gl/MBvsLe

2 – Trem dos Ingleses – Paranapiacaba

Trem dos Ingleses, Paranapiacaba / Foto: Renan Carvalhais
Trem dos Ingleses, Paranapiacaba / Foto: Renan Carvalhais

Chegando em Paranapiacaba, seja de carro, ônibus ou pelo trem Expresso Turístico, não deixe de fazer um passeio de trem a bordo do clássico vagão de passageiros de 1914 tracionado por uma locomotiva a vapor inglesa de 1867, a terceira mais antiga em funcionamento no Brasil. O percurso tem cerca de 2 quilômetros e é feito dentro do antigo pátio de manobras da São Paulo Railway.

Serviço

Embarque: Museu Ferroviário

Quando: aos domingos e feriados, das 10h às 16h, com partidas de hora em hora

Quanto: R$5

Duração: 20 minutos

Onde comprar: ingressos podem ser retirados na bilheteria do museu

Site: http://goo.gl/cwMJ6E

3 – Expresso Turístico – Mogi das Cruzes

Expresso Turístico Mogi das Cruzes / Foto: CPTM
Expresso Turístico Mogi das Cruzes / Foto: CPTM

O trem sai da Estação da Luz todo segundo sábado do mês e faz o percurso de 47 quilômetros até Mogi das Cruzes em uma hora e meia. Este passeio é muito indicado para quem gosta de natureza, flores e história. Em Mogi, você pode contratar os passeios em agências de turismo locais e escolher entre os roteiros rurais, que passam pelos orquidários e produtores de flores da cidade, conhecer o Parque das Neblinas ou os museus do centro histórico. O trem também é composto de vagões de passageiros reformados da década de 60 tracionados por locomotiva a diesel de 1952. Os ciclistas podem comprar um bilhete extra para levar sua bicicleta no trem por apenas R$5.

Serviço

Embarque: estação da Luz

Quando: segundo sábado do mês, às 8h30. Retorno de Mogi às 16h30

Quanto: R$45. Confira no site da CPTM as promoções para grupos com mais de duas pessoas

Onde comprar: A passagem pode ser adquirida todos os dias, das 9 às 18​h, nas bilheterias das estações Luz e Santo André. O bilhete de trem não contempla os passeios locais.

Site: http://goo.gl/dOvbNm

4 – Expresso Turístico – Jundiaí

Museu Ferroviário de Jundiaí / Foto: Prefeitura de Jundiaí
Museu Ferroviário de Jundiaí / Foto: Prefeitura de Jundiaí

Quem gosta de trens, história, natureza e frutas precisa fazer esse passeio até Jundiaí. Saindo da estação da Luz aos sábados, o expresso faz um percurso de 60 quilômetros até a cidade, no interior paulista. Lá, os roteiros mais procurados são o do museu ferroviário, que conta a história das ferrovias paulistas; o passeio na serra do Japi e o famoso tour pelas adegas e fazendas de uvas da região com direito a degustação. Para quem gosta de pedalar, é possível comprar um bilhete extra para levar sua bicicleta no trem por apenas R$5.

Serviço

Embarque: Estação da Luz

Quando: aos sábados, às 8h30. Retorno de Jundiaí às 16h30

Quanto: R$45. Confira no site da CPTM as promoções para grupos com mais de duas pessoas

Onde comprar: A passagem pode ser adquirida todos os dias, das 9 às 18​h, nas bilheterias das estações Luz e Santo André. O bilhete de trem não contempla os passeios locais.

Site: http://goo.gl/5zyLfc

5 – São Paulo – Trem dos Imigrantes

Trem dos Imigrantes / Foto: Site São Paulo Antiga
Trem dos Imigrantes / Foto: Site São Paulo Antiga

Com entrada pelo Museu do Imigrante, antiga hospedaria localizada no bairro da Mooca que recebia os imigrantes que chegavam ao Brasil pelo porto de Santos no fim do século XIX e início do século XX, este passeio refaz parte do trajeto original a bordo de uma composição tracionada por uma maria fumaça a vapor de 1922. O passeio dura em torno de 25 minutos.

Serviço

Embarque: Memorial da Imigração. R. Visc. de Parnaíba, 1316, Mooca, São Paulo – SP

Quando: aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h, com saídas de hora em hora

Quanto: R$15.

Onde comprar: a passagem pode ser adquirida na bilheteria do museu.

Site: http://goo.gl/cwMJ6E

Campos do Jordão

A famosa e fria cidade de Campos do Jordão conta com vários roteiros ferroviários, um prato mais do que cheio para quem gosta de passear de trem. Vamos a eles:

6 – Trem do Mirante

Trem de Campos do Jordão - SP
Trem de Campos do Jordão – SP

Em Campos do Jordão, o primeiro passeio que indico é o do Mirante Santa Expedicionária. O trem sai da estação Emílio Ribas e faz um percurso de cerca de uma hora até a estação Eugênio Lefèvre, localizada em Santo Antônio do Pinhal. No caminho, contemple as charmosas paradas que contam um pouco da história da ferrovia, que tem mais de 100 anos. Já no mirante, não deixe de tomar um café, experimentar o tradicional bolinho de bacalhau da parada e visitar as lojinhas de artesanato.

Serviço

Embarque: Estação Emílio Ribas. Av. Emílio Ribas, s/n, Capivari, Campos do Jordão – SP

Quando: de sábado a quarta-feira, às 10h e 14h

Quanto: R$58

Onde comprar: o bilhete deve ser comprado na estação. Pede-se chegar com, pelo menos, meia hora de antecedência

Site: http://goo.gl/hk0lkF

7 – Bonde Turístico

Bonde Turístico de Campos do Jordão / Foto: EFCJ
Bonde Turístico de Campos do Jordão / Foto: EFCJ

Esse percurso é feito pelos simpáticos bondes vermelhos e amarelos, que já se tornaram uma das marcas registradas de Campos do Jordão. Eles saem da estação de Emílio Ribas, atravessam toda a cidade e depois de 25 minutos chegam ao Portal de Campos do Jordão.

Serviço

Embarque: Estação Emílio Ribas. Av. Emílio Ribas, s/n, Capivari, Campos do Jordão – SP

Quando: de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h.

Quanto: R$14

Onde comprar: o bilhete deve ser comprado na estação. Pede-se chegar com, pelo menos, meia hora de antecedência

Site: http://goo.gl/QHYf3X

8 – Bonde Turístico Urbano

Bonde Turístico Urbano de Campos do Jordão - Foto: EFCJ
Bonde Turístico Urbano de Campos do Jordão – Foto: EFCJ

Há em Campos do Jordão um segundo percurso feito nos tradicionais bondes amarelos, que vai da estação Emílio Ribas à estação Abernésia numa viagem de ida e volta.

Serviço

Embarque: Estação Emílio Ribas. Av. Emílio Ribas, s/n, Capivari, Campos do Jordão – SP

Quando: sábados, domingos e feriados, às 16h e 17h.

Quanto: R$10

Onde comprar: o bilhete deve ser comprado na estação. Pede-se chegar com, pelo menos, meia hora de antecedência

Site: http://goo.gl/0YzQYt

Pindamonhangaba

Localizada no Vale do Paraíba, interior de São Paulo, Pindamonhangaba também conta com vários roteiros para conhecer de trem:

9 – Trem da Serra

Trem da Serra, Pindamonhangaba - Foto: Prefeitura de Campos do Jordão
Trem da Serra, Pindamonhangaba – Foto: Prefeitura de Campos do Jordão

Percorrendo um trajeto de 47 quilômetros somente na ida, o Trem da Serra faz um dos percursos mais belos do Brasil entre as cidades de Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba, a Campos do Jordão, na Serra da Mantiqueira. No meio da viagem, o moderno vagão automotriz que conduz os passageiros faz uma parada de 30 minutos na estação Eugênio Lefèvre, localizada em Santo Antônio do Pinhal. Lá, não deixe de conhecer o Mirante da Santa Expedicionária (com ampla vista para a região) e experimentar o tradicional bolinho de bacalhau.

Serviço

Embarque: estação Pindamonhangaba. Rua Martin Cabral, 87, Centro, Pindamonhangaba – SP

Quando: sextas-feiras, às 9h. Retorno de Campos às 15h

Quanto: R$71, ida e volta. R$52, somente ida ou volta

Onde comprar: o bilhete deve ser comprado na estação. Pede-se chegar com, pelo menos, meia hora de antecedência

Site: http://goo.gl/eiuBrq

10 – Trem das Águas Claras

Trem para o Parque das Águas Claras, Pindamonhangaba - Foto: EFCJ
Trem para o Parque das Águas Claras, Pindamonhangaba – Foto: EFCJ

O percurso é curto, dura cerca de 40 minutos, e liga a cidade de Pindamonhangaba ao Parque das Água Claras. Este passeio deve ser feito com agendamento.

Serviço

Embarque: Estação Pindamonhangaba. Rua Martin Cabral, 87, Centro, Pindamonhangaba – SP

Quando: de segunda a sexta-feira. Somente com agendamento

Quanto: R$19, ida e volta com entrada no parque

Onde comprar: somente com agendamento

Site: http://goo.gl/NRqpau

11 – Piracuama

Estação de Piracuama, Pindamonhangaba - Foto: site Estações Ferroviárias
Estação de Piracuama, Pindamonhangaba – Foto: site Estações Ferroviárias

Quem curte turismo rural, comida feita em fogão a lenha, deitar em uma rede após o almoço e sentir aquela brisa fresca, precisa conhecer o distrito de Piracuama, em Pindamonhangaba. E para ficar ainda melhor, é possível chegar lá de trem.

Serviço

Embarque: Estação Pindamonhangaba. Rua Martin Cabral, 87, Centro, Pindamonhangaba – SP

Quando: sábados, às 13h30, e domingos, às 10h e 14h

Quanto: R$11, ida e volta. O bilhete não inclui passeios no local

Onde comprar: o bilhete deve ser comprado na estação. Pede-se chegar com, pelo menos, meia hora de antecedência

Site: http://goo.gl/q2P0qW

12 – Guararema

Trem turístico de Guararema, SP - Foto: Prefeitura de Guararema
Trem turístico de Guararema, SP – Foto: Prefeitura de Guararema

O trem turístico de Guararema começou a operar em 2015 e já tem uma vantagem sobre os outros passeios: nele está operando a maior maria fumaça em funcionamento no Brasil. A “Velha Senhora” é uma locomotiva americana fabricada em 1927 e que foi totalmente restaurada. Ela puxa três vagões de passageiros de 1930 e faz um percurso de 5,5 quilômetros até a estação Luis Carlos. Mas muito antes de ser levada para Guararema para servir como trem turístico, a Velha Senhora já passeou muito pela cidade quando era usada para o transporte de passageiros entre as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro . O passeio tem duração total de duas horas e meia, que inclui todo o trajeto de Guararema a Luís Carlos, parada na vila para visitação e retorno.

Serviço

Embarque: Estação Ferroviária de Guararema. Rua Coronel Ramalho, s/n, Centro, Guararema – SP

Quando: sábados, domingos e feriados, com saídas às 10h e 15h.

Quanto: R$50. Ainda não aceitam pagamentos feitos com cartão

Onde comprar: o bilhete deve ser comprado na estação de Guararema

Site: http://goo.gl/YpSyXJ

13 – Campinas – Jaguariúna

Trem Campinas-Jaguariúna - Foto: ABPF
Trem Campinas-Jaguariúna – Foto: ABPF

Este é um dos passeios ferroviários mais lindos do interior paulista. O trem, puxado por uma locomotiva Alco CP 905 original da Cia. Paulista de Estradas de Ferro, fabricada em 1958, sai de Campinas e faz um percurso de 30 quilômetros até Jaguariúna. Também é possível embarcar em Jaguariúna e fazer o caminho inverso. No trajeto, os passageiros poderão conhecer diversas estações antigas da ferrovia e, ao chegar em Jaguariúna, visitar o centro da cidade com suas feirinhas de artesanato. A bordo, contemple a paisagem ao som da banda Nostalgia Musical, que toca ao vivo nos vagões. O tempo total de viagem é de três horas e meia.

Serviço

Embarque: Estação de Anhumas: Rua Dr Antônio Duarte Conceição, 1501, Jardim Madalena, Campinas – SP. Ou na estação de Jaguariúna: Av. Marginal, 600 – Centro, Jaguariúna – SP

Quando: partindo de Campinas: sábados, às 10h10. Domingos e feriados: 10h10 e 14h30. Partindo de Jaguariúna: sábados, às 15h, e domingos e feriados às 12h30

Quanto: R$90.

Onde comprar: o bilhete deve ser comprado na estação de Jaguariúna ou Anhumas.

Site: http://goo.gl/gxCR7M

14 – Paraguaçu Paulista – Trem Turístico Maria Bonita

Maria Fumaça Moita Bonita Paraguaçu Paulista
Maria Fumaça Moita Bonita Paraguaçu Paulista

Este passeio de trem em Paraguaçu Paulista é puro charme. Você embarca em um trem puxado por uma locomotiva inglesa a vapor fabricada em 1879 e, em um trajeto de 24 quilômetros, faz uma viagem no tempo sobre os trilhos da antiga Estrada de Ferro Sorocabana. Durante o percurso, algumas paradas precisam ser feitas para aumentar a pressão das caldeiras da Dona Lina, como é chamada a maria fumaça. Ao chegar na Estação de Sapezal, os passageiros poderão acompanhar a manobra da locomotiva no viradouro, visitar o Memorial “Irmãs Galvão”, a dupla caipira feminina mais antiga do Brasil, entre outras atividades programadas.

Serviço

Embarque: Antiga Estação Ferroviária – Av. Miguel Deliberador, s/nº, ao lado da Fonte Luminosa, Paraguaçu Paulista – SP

Quando: sábados e domingos, às 9h. Duração do passeio: 3 horas

Quanto: R$20. Crianças e idosos pagam R$15

Onde comprar: o bilhete deve ser comprado na estação de Paraguaçu Paulista com, pelo menos, meia hora de antecedência

Site: http://goo.gl/xgism8

E tem muito mais…

Na próxima semana vamos trazer para vocês 7 roteiros para conhecer RJ, ES e MG sobre os trilhos. Aguardem.

Essa dica foi útil para você? Por favor, então deixe um comentário e compartilhe também nas suas redes sociais. Este site é feito com muita dedicação e seu apoio/participação realmente nos ajudará a mantê-lo no ar.



TOP 6 DICAS PARA ECONOMIZAR NAS VIAGENS

  • SEGURO VIAGEM - Não faça a besteira de viajar sem um Seguro de Viagem. Na Europa é obrigatório! Faça uma cotação online para ver o quanto é barato viajar tranquilo. Pague no cartão de crédito em até 12x ou com desconto no boleto bancário. Use nosso cupom: VIAGENS5 para um desconto extra de 5%.
  • HOSPEDAGEM - Somos parceiros do Booking.com que garante os melhores preços de hospedagem em qualquer lugar no mundo! Você reserva antecipado, pode cancelar e alterar quando quiser. Faça a sua reserva através do nosso link.
  • CHIP DE CELULAR - Já saia do Brasil com seu Chip Internacional 4G funcionando. Tenha conexão em mais de 140 países para usar o Whatsapp, redes sociais e GPS. Já usamos o chip da EasySIM4u em diversos países e aprovamos.
  • GANHE 179 REAIS! - O Airbnb é a melhor maneira de alugar casas e apartamentos em locais únicos, com preços para todos os bolsos. Ganhe R$179 de desconto na sua primeira reserva acima de R$250. Aproveite!
  • ALUGUEL DE CARRO - Faça aqui sua cotação online entre as melhores locadoras no Brasil e no mundo. A RentCars é nossa parceira e oferece os melhores preços, em reais e sem IOF, com total segurança.
  • NOSSAS EXPEDIÇÕES - Participe das viagens que estamos organizando com nossos leitores! São roteiros exclusivos com o melhor dos destinos e hospedagens selecionadas. Junte-se aos nossos grupos VIPs e vamos viajar juntos.

LEIA TAMBÉM



Denunciar

Curtiu essa matéria?

Escrito por Renan Carvalhais

Renan Carvalhais é jornalista, fotógrafo e videomaker. É de São Paulo, mora em Brasília, mas queria estar no Rio. É adepto do "mochilãosozinhoporaí". Quando quer viajar, viaja. Se não tem grana, vai de ônibus, carona, ou o que tiver à mão. Como diz Amir Klink, precisamos sair por aí pra ver o mundo e parar com essa arrogância de achar que ele é como imaginamos. Siga no Instagram @renancarvalhais e no Facebook

Comentários

Deixe um comentário
  1. Que maravilha!!!! Muito útil este site. Adoramos e vamos fazer estes roteiros. Nem tudo está perdido! Ainda há trens nos trilhos viajando!!!!!
    Nanci Lopes RJ

  2. Elena Fernandes 24 de abril 2016 E disso que eu estou precisando mas e quanto a pousadas nos locais teria como saber e os preços também

  3. Adorei o site com as informações e passeios. Gostaria de saber se há algum passeio onde exista a possibilidade de almoço dentro dos vagões durante o passeio.

    • O autor dedica um tempão pra nos prestigiar com este maravilhoso post e você me vem com “carro de passageiros”!!! Vai procurar o que fazer…….

  4. O Trem de Paraguaçu Paulista passa na maior curva da América Latina com 180° ( meia volta) e raio de 1km . Na estação Sapezal os petiscos são fantásticos e acabam rápido. Vendem também lembranças e artesanato para ajudar a manter a Ferrovia. A Estação inicial tem ao lado um Jardim Japonês que vale a pena ser visitado .

  5. Faltou a Perus Pirapora, do ladinho de sp, no bairro de Perus. São só 2,5km, mas vale a pena, existem vários locomotivas para serem restauradas eo passeio sai 15,00

  6. acredito em mais um passeio…a confirmar….na estação de Bauru até Curuça….em minha saudosa NOB…abraço.realmente o termo “”vagão””…era destinados à carga, sendo “”os carros”””..para os passageiros. Fica mais elegante…Saudações ferroviarias

  7. Muito bom esse site!
    Há também trens em Ouro Preto e São João Del Rei?
    Estive por lá em 2002 em museu ferroviário e passeio até Tiradentes!

  8. Adorei a dica, passear de trem é muito bom!

    O passeio entre Campos do Jordão e Pindamonhanbaga, eu fiz algum tempo atrás e gosteis muito.

    Já espalhei a dica para os amigos que não conhecia.

    Agora vou escolher meu próximo passeio.

    Abraços

  9. Grandes dicas e sugestões de passeio sobre trilhos.
    Infelizmente nossos governantes abandonaram por completo as linhas ferroviárias que são tão importantes para a economia do pais.

    Esses passeios sobre trilhos nos faz relembrar os tempos de nostalgias, dos amigos, pessoas e lugares que marcaram nossas vidas….

    Recordar realmente é viver…

  10. Muito obrigada!! São coisas simples e legais assim que precisamos saber que existe aqui em São Paulo. Quanto aos “vagões” adorei. Trem sem vagões não tem graça. bjsss

    • Simony, cantora? OK. Sou seu fã. Até me repiei quando você se referiu a “vagões”, nos trens turísticos. Essa referência me transportou aos anos 40, quando os soldados de Hitler transportava os judeus em “vagões” para levá-los aos campos de concentração e às fornalhas. Eles iam como mercadorias, em “vagões”, que são veículos ferroviários de carga. Agora nossos trens turísticos, sim, são equipados com “carros de passageiros”, que são veículos ferroviários para passageiros. Desculpe-me pela ousadia em explicar isso, mas é que o trem está em minhas veias: sou telegrafista e maquinista dessas famosas “Marias Fumaças”. Beijo grande.Do Comendador Prado.

  11. Amei este site. Amo muito andar de trem. Realmente é uma pena que o governo nāo dá atenção e o valor necessário para este meio de transporte, que á meu ver seria uma grande solução para os problemas de transporte e a população ganharia muito com este sistema. Fui criada na cidade de Guarulhos,na época do trem, linha Guarulhos a Sāo Paulo, fiz muito este percurso, ficaram as lembranças e a saudade. Vou me programar para fazer estes passeios.Obrigado pelas informações e continue atualizando-as.

  12. Fiquei muito feliz com as dicas de viagem, estou programando minhas férias e vou acrescentar viagem de trem nela. Muito obrigada pelas ótimas dicas.

  13. Olá adorei muito bom quero curtir estas viagem com a família crianças paga o mesmo valor e o trem que vai pra Santos como faço pra ver bjssd

  14. Sou aficionado por ferrovia, pois é o mais adequado meio de transporte terrestre, infelizmente ao passo em que o mundo civilizado utiliza essa alternativa, nós vamos no caminho oposto. Parabéns pelo site e por todos os outros que tentam devolver a esse fantástico país de dimensões continentais, rico em ferro, energia elétrica, madeira, pedra (material básico de uma ferrovia), informações e bem sei, a duras penas, preservar o que foi banido.por incompetentes. Quem sabe não consigamos evoluir e deixar a ferrovia conquistar o lugar, que sempre lhe foi cabido.

  15. Se puderem enviar informações, agradeceria, a respeito do trem do Pantanal (Bauru a Santa Cruz de la Sierra) e, também da Madeira-Mamoré.

  16. anos 60, 70, 80 e 90, usei muito a cia paulista de estação da luz até campinas e depois, baldeação para a cia mogiana, até a cidade de são simão sp, e lembro os horarios, estação da luz: 05:20 , 08:30 e 20:40; cia mogiana; 07:30, 10:30, 12:00 e 22:40 e dá muitas saudades e tenho até hoje as passagens dos trens.

  17. BOA TARDE,

    ADOREI SABER DESSES PASSEIOS DE TREM, ACHO MUITO LEGAL VC DAR ESSAS DICAS. ASSIM VOLTAMOS AO PASSADO.
    GOSTARIA DE RECEBER TODAS AS DICAS E NOVIDADES.

    LIDUINA
    SOROCABA /SP.

  18. Ola.viajei muito de jacarei para sao paulo de trem. Anos 1958 a 1962. Conheço as cidades do vale do paraiba aonde fui de trem. Tinha a noite o trem de aço. Ja fui de sao paulo ao rio de janeiro nesse trem. Cabine individual. Ar climatizado. Chuveiro. Cama beliche. Tenho muitas saudades…..

  19. Fiquei muito feliz em saber que ainda tem estes roteiros de trem
    Na minha infância eu e meus pais chamávamos de trem de SP para são José do Rio Preto era uma aventura eu adorava ir no vagão restaurante e a viagem era bem agradável e tranquila ho saudade.

  20. Boa tarde! Que delícia obter tais informações! Quando criança viajava de trem de Jundiaí até Rincão…passeio maravilhoso, que hoje não temos mais. Sou muito saudosista, pois viajar de trem é fundamental…o melhor meio de transporte para quem quer relaxar e curtir a paisagem sem se preocupar com o trânsito. Gostaria de fazer o passeio até Santos. Será que estão fazendo? Dizem que a paisagem é fantástica!!!
    Parabéns pelas informações…adorei!!!

  21. Parabéns pelas informações meu amigo. Foram elas de grande valia. Logo irei conhecer algum desses vagões históricos e suas locomotivas. Continue assim. Que DEUS o abençoe.

3 Pings & Trackbacks

  1. Pingback:

  2. Pingback:

  3. Pingback:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários

0 comentários

Cachoeira Véu da Noiva - Petrópolis, RJ

Poço Paraíso e Cachoeira Véu da Noiva em Petrópolis – RJ

Expedição Fotográfica Islândia 2016

Roteiro de 9 dias: Caçada a Aurora Boreal na Islândia