in

O que fazer em Bombinhas – SC

Como boa parte do município está localizada dentro da Mata Atlântica, com áreas ainda preservadas e intocáveis, há diversas trilhas que descortinam paisagens exuberantes em Bombinhas. Aos mais aventureiros a sugestão é pegar a trilha que parte da Praia de Zimbros, localizada na extremidade direita, e seguir em direção às praias Deserta, Cardoso, Vermelha e Triste e à cachoeira da Praia Triste.

Apesar da exaustiva caminhada, o passeio é inesquecível. Outra dica é a trilha do Parque Municipal do Morro do Macaco, que fica em Canto Grande, provavelmente a mais procurada. O passeio é feito somente a pé e do alto do morro avista-se o arquipélago do Arvoredo e as belas enseadas do Mariscal e Zimbros.

Há ainda a opção de fazer trilhas ecológicas no pequeno morro da praia de Quatro Ilhas, próxima à praia de Bombinhas e também em direção a Praia da Tainha.

Passeios de dia e quando o céu escurece

Que tal sobrevoar a uma altura de 150 metros sobre as praias de Bombinhas e poder enxergar de cima as águas mais límpidas do litoral catarinense (o helicóptero fica no canto Sul da praia de Quatro Ilhas) ou, quem sabe, ir até o Parque Municipal do Morro do Macaco – uma das vistas mais encantadoras de Bombinhas e fazer vôo livre?

O mesmo passeio também pode ser feito nas praias de Canto Grande e Conceição, onde há pontos de decolagem para vôo livre. Há ainda opções para a prática de Windsurfe, iatismo, esqui-aquático, jet-ski e bananas boat em praias como Zimbros, Canto Grande (Mar de dentro) e Bombinhas, onde as águas são calmas e propícias para esportes náuticos.

Devido a sua própria característica de praia de família, não há muitos locais de agito em Bombinhas, porém, a infraestrutura do município é adequada às exigências dos turistas. Entre as opções noturnas estão o complexo de lazer – Vila do Farol, com pousada, lojas, restaurantes e cafés. Pelo charme e luxo do local virou ponto de encontro após a praia. Também há avenida central, onde é possível curtir um show de música nas calçadas e dançar, além das dezenas de bares instalados na beira do mar. A maioria fica aberto até tarde da noite.

Curtidores da noite e adeptos de luaus, costumam ir até a tranqüila praia da Conceição, no extremo-sul do município, onde fica o Big Blue, um barzinho que promove regularmente luaus. Já, no tradicional Barbatana é possível saborear um delicioso prato e curtir o belo visual que a praia proporciona.

bombinhas-12

POINTS DE MERGULHO EM BOMBINHAS

Ilha das Galés

A Ilha das Galés é um dos mais importantes locais de acasalamento de aves marinhas da costa brasileira. É lá também que aconteceu o naufrágio do cargueiro Lili, afundado em 1958 durante um nevoeiro. A embarcação encontra-se dividida ao meio e a uma profundidade superior a 5 metros. O mergulho lá pode ser feito até por iniciantes, podendo-se observar tartarugas marinhas, arraias e frades.

Outro local apropriado para o mergulho é o Portinho, bastante procurado por mergulhadores iniciantes e para a prática do snorkeling. Nesta enseada bem protegida é possível encontrar cavalos-marinhos, linguados e várias espécies de peixes pequenos e coloridos, que já estão habituados com a presença humana. Para os mergulhadores mais experientes, o lado de fora da ilha abriga peixes de grande porte como garupas e robalos.

Ilha Deserta

Um pouco mais afastada da costa, a Deserta é a menor ilha da Reserva e também um local importante para a reprodução de aves marinhas como o trinta-réis e o gaivotão. O mergulho lá é indicado somente para quem tem experiência, uma vez que o local é desabrigado e tem forte correnteza. A profundidade pode atingir os 40 metros. A vida marinha faz valer a pena os riscos do mergulho nesta região.

Ilha do Calhau de São Pedro

O acesso de barco até a ilha é bem difícil. O lugar é desabrigado e as correntes marítimas são muito fortes. Por isso só os mergulhadores mais experientes devem se aventurar por lá.

Ilha do Macuco (Amendoin)

Também conhecida como Ilha do Amendoim, Macuco faz parte do Parque Municipal do Morro do Macaco. Juntamente com as Ilhas do Arvoredo, Deserta, Galés e Calhau de São Pedro compõe a Reserva Biológica Marinha do Arvoredo. Lá as águas são calmas e a ilha atrai mergulhadores e pescadores amadores.

Booking.com

Ilha do Arvoredo

Por ter grande parte de sua área coberta por uma densa vegetação, formada principalmente por grandes árvores de madeira de lei, a ilha do Arvoredo recebu este nome.

A ilha tem 270 hectares de relevo montanhoso, distribuídos em mais de 3.000 mt de comprimento, 1.850 mt de largura e 300 mt de altitude. É a maior ilha da reserva do Arvoredo.

No lado sul existe uma base naval do Ibama, que fica ao lado do Farol da Marinha, área extremamente procurada para a prática do mergulho. Sua fauna rica envolve espécies de aves, ofídios, répteis, quelônios e aves marinhas, algumas migratórias, que acabam por fazer ninhos na ilha.

bombinhas-5

PRAIAS DE BOMBINHAS

As 26 praias de Bombinhas

Galheta, Bombas, do Ribeiro, Prainha, Embrulho, Lagoinha, Sepultura, do Biguá, dos Ingleses, Quatro Ilhas, do Caeté, do Atalaia, Mariscal, Canto Grande, Conceição, da Tainha, Porto da Vó, Canto Grande de Dentro, Morrinhos, Zimbros, Deserta, Triste, do Cardoso, Vermelha, da Lagoa, do Cantinho.

RESERVA BIOLÓGICA MARINHA DO ARVOREDO

Criada em 1990, a Reserva Biológica Marinha do Arvoredo é um dos grandes patrimônios naturais e arqueológicos do litoral brasileiro, formada pelas Ilhas do Arvoredo, Deserta, Galés e Calhau de São Pedro. Os melhores pontos de mergulho ficam nas ilhas das Galés e do Arvoredo. Nestes pontos, a profundidade fica entre cinco e 20 metros. A maior delas é a Ilha do Arvoredo com 270 hectares.

A Reserva é um importante centro de estudos científicos da fauna e flora marinha, por isso não são permitidas atividades como caça, pesca ou introdução de espécies silvestres ou domésticas, que possam modificar a sua constituição.

Em função de estar localizada numa área que recebe tanto correntes do Brasil (águas quentes) como das Malvinas (águas frias) a região abriga espécies de fauna e flora típicas de ambos os climas, com rica diversidade de aves, peixes, tartarugas marinhas e corais.

O local também é considerado um importante sítio arqueológico e histórico, com vestígios de ocupação humana (desenhos de figuras humanas) de cerca de 4.000 anos, como sambaquis, inscrições rupestres e até antigos sepultamentos. A Reserva do Arvoredo fica a cerca de 11km, tanto de Bombinhas quanto do norte da ilha de Santa Catarina.

Ilha do Arvoredo

A maior parte da Ilha está coberta pela Mata Atlântica, abrigando uma grande diversidade de flora e fauna (há espécies de aves, ofídio, répteis, quelônios e aves marinhas ou migratórias) terrestres. A vegetação é praticamente intacta e a pesca controlada. É também um dos melhores pontos de mergulho do Brasil e de fácil acesso. A profundidade da água varia de cinco a 20 metros, e a visibilidade pode chegar a 18 metros.

bombinhas-4

TRILHAS E OUTRAS ATRAÇÕES

Parque Municipal do Morro do Macaco

Situada na praia de Canto Grande, o Parque Municipal do Morro dos Macacos é um dos principais pontos turísticos de Bombinhas. Para chegar até o alto do Morro dos Macacos é necessário seguir uma trilha de aproximadamente 153 metros de altitude, que proporciona em seu cume uma bela vista do arquipélago do Arvoredo e das enseadas do Mariscal e Zimbros. No verão muitos turistas sobem até o Morro do Macaco para saltar de asas deltas e paragliders.

Mirante Eco 360º

O Mirante Eco 360º fica no acesso à praia da Tainha e proporciona uma visão de 360 graus de toda a região de Bombinhas, onde se pode curtir um dos mais belos nascer e pôr-do-sol. do litoral catarinense. O acesso, de carro, é obtido pelas praias de Canto Grande e Conceição, exigindo atenção em dias de chuva.

Parque Municipal da Galheta

Situa-se no costão à esquerda da praia de Bombas, numa área remanescente da mata Atlântica. Recebe em torno de 5.000 visitantes ao dia na alta temporada.

Vila do Engenho

Localizado no centro de Bombinhas, a Vila do Engenho é um verdadeiro museu vivo da cultura açoriana, onde é possível ver engenhos de farinha e cana-de-açúcar funcionando e produzindo melado e a “melhor farinha de mandioca do Brasil”. A construção foi feita a partir de réplicas originais do primeiros colonizadores açorianos.

Engenho do Sertão

Espaço alterantivo e aberto a visitação pública que tornou-se um ponto de referência histórica para estudos acadêmicos, palestras e encontros culturais. Lá fica o acervo do Instituto Boimamão, com peças de engenho de farinha Horário, cujo objetivo é resgatar e preservar a história do município de Bombinhas.

Museu e Aquário Marinho do CEMAR (Centro de Estudos do Mar)

Primeiro museu particular do Estado de Santa Catarina com cerca de 3.000 invertebrados marinhos dentre os quais estão as esponjas, corais, , estrelas, siris, conchas, lagostas, caranguejos, ouriços, caramujos e pepinos do mar. Há também uma sala com aquários de espécies marinhas locais.

Beleza e aventura em plena Mata Atlântica

O atraente passeio pela Mata Atlântica está entre as opções de lazer do município, oferecido durante todo ano. A elegância de Bombinhas não se limita apenas às praias, e a integração com a natureza pode ser completa. O município está entre os menores do país, com apenas 36,6km², mas possui cerca de 75% de seu território protegido por lei. O privilégio legal e o cenário agreste faz a capital nacional do mergulho ser um paraíso dentro ou fora do mar.

Com o objetivo de cuidar do patrimônio natural e voltando investimentos para o ecoturismo, a administração municipal desenvolveu o projeto Viva Trilha. As Unidades de Conservação Ambiental foram reestruturadas, monitores capacitados e palestras e oficinas aplicadas aos alunos das escolas municipais.

A trilha ganhou corrimões de auxílio, passarelas de acesso sobre as calhas naturais e sinalização de conscientizaçâo para que o turista desfrute desse tesouro sem prejudicar a natureza. A trilha fica no Parque Municipal do Morro do Macaco e recebe vários turistas durante todo o ano. O parque fica localizado no Canto Grande a aproximadamente 153 metros de altitude. Do alto do morro avista-se o arquipélago do Arvoredo e as belas enseadas do Mariscal e Zimbros.

O morro é reduto de uma das mais famosas e belas orquídeas brasileiras, a Laelia purpurata, eleita como símbolo de Santa Catarina.

Além da Trilha do Morro do Macaco, o projeto também contemplou a Trilha da Costeira de Zimbros, da Tainha e da Galheta. Em todos estes paradisíacos cenários foram feitas recuperação da floresta com a aquisição de mudas de árvores nativas, ornamentais e frutíferas.

Trilha da Costeira de Zimbros

Localiza-se na área de Revelante Interesse Ecológico da Costeira de Zimbros. No roteiro estão as praias desertas do Cardoso, Lagoa, Triste e Vermelha, além de cachoeiras e lagoas em pleno contato com a Mata Atlântica. Na aventura há opção de fazê-la até a segunda ou terceira praia, tomando o percurso menor. A trilha completa é realizada em seis horas.

Trilha da Galheta

Localizada no Parque Municipal da Galheta, uma das três Unidades de Conservação do Município de Bombinhas. Seu principal atrativo é a vegetação exuberante, além do banho de mar na Praia da Galheta. Esta aventura é completada em três horas.

Trilha do Morro do Macaco

Localizada no Canto Grande, no Parque Municipal do Morro do Macaco, a trilha é panorâmica. Com 212m de altitude no ponto final da aventura, é possível avistar toda a península, além da Reserva Biológica do Arvoredo. O local oferece ainda salto de parapente, rapel e escalada. A duração média é de uma hora.

Trilha da Tainha

Também se localiza no Parque Municipal do Morro do Macaco e o percurso com duração de três horas é um antigo caminho utilizado pelos nativos. É uma trilha que beira o costão e passa por trechos diferenciados, como Mata Atlântica, gruta e córregos. Desta trilha pode ser observado o cultivo de marisco localizado no mar de Canto Grande. O destino final é a Praia da Tainha uma das mais exuberantes e encantadoras do balneário.

bombinhas-16

Essa dica foi útil para você? Por favor, então deixe um comentário e compartilhe também nas suas redes sociais. Este site é feito com muita dedicação e seu apoio/participação realmente nos ajudará a mantê-lo no ar.



TOP 6 DICAS PARA ECONOMIZAR NAS VIAGENS

  • SEGURO VIAGEM - Não faça a besteira de viajar sem um Seguro de Viagem. Na Europa é obrigatório! Faça uma cotação online para ver o quanto é barato viajar tranquilo. Pague no cartão de crédito em até 12x ou com desconto no boleto bancário. Use nosso cupom: VIAGENS5 para um desconto extra de 5%.
  • HOSPEDAGEM - Somos parceiros do Booking.com que garante os melhores preços de hospedagem em qualquer lugar no mundo! Você reserva antecipado, pode cancelar e alterar quando quiser. Faça a sua reserva através do nosso link.
  • CHIP DE CELULAR - Já saia do Brasil com seu Chip Internacional 4G funcionando. Tenha conexão em mais de 140 países para usar o Whatsapp, redes sociais e GPS. Já usamos o chip da EasySIM4u em diversos países e aprovamos.
  • GANHE 179 REAIS! - O Airbnb é a melhor maneira de alugar casas e apartamentos em locais únicos, com preços para todos os bolsos. Ganhe R$179 de desconto na sua primeira reserva acima de R$250. Aproveite!
  • ALUGUEL DE CARRO - Faça aqui sua cotação online entre as melhores locadoras no Brasil e no mundo. A RentCars é nossa parceira e oferece os melhores preços, em reais e sem IOF, com total segurança.
  • NOSSAS EXPEDIÇÕES - Participe das viagens que estamos organizando com nossos leitores! São roteiros exclusivos com o melhor dos destinos e hospedagens selecionadas. Junte-se aos nossos grupos VIPs e vamos viajar juntos.

LEIA TAMBÉM



Denunciar

Curtiu essa matéria?

Escrito por Mauricio Oliveira

Maurício Oliveira é social media expert, fotógrafo, videomaker, consultor de turismo, blogueiro, influenciador e empreendedor. CEO do Trilhas e Aventuras, conta suas experiências de viagens no blog Viagens Possíveis e criador de inovadoras ações de marketing de turismo, o BlogTur e o VIPBloggers. Ama o que faz no seu trabalho e nas horas vagas também gosta de viajar. Siga no Instagram e no Twitter, curta no Facebook, assista no Youtube e circule Mauricio Oliveira e Trilhas e Aventuras no Google Plus.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Onde ficar em Bombinhas – SC

Saiba mais sobre Brotas – SP