in , , ,

Roteiro de 6 dias de Moto em Fernando de Noronha

No primeiro dia, cheguei ao arquipélago no fim da tarde, pegamos um táxi até a pousada que ficava perto do Centro Histórico, na Vila dos Remédios. Uma boa dica é se hospedar na Vila dos Remédios, pois é o único lugar da ilha que tem coisas para fazer durante o dia e a noite, sem precisar pegar meios de transportes. Se faz tudo andando, pois tudo é perto (restaurantes, lanchonetes, bares, mercado, bancos, etc.) e possui as três praias “urbanas” da ilha, (Cachorro, do Meio e Conceição), as únicas que são bem estruturadas, com quiosques, mesas, cadeiras… boas para quem quer apenas relaxar, comer uns petiscos, mais recomendada para famílias.

Ali perto também tem a Fortaleza Nossa Senhora dos Remédios. Uma subida um pouco cansativa que compensa pelas ruínas do século 18 e a maravilhosa vista das praias do mar de dentro, principalmente da Conceição.

Na Praça Flamboyant, perto da Vila dos Remédios, encontra-se um quiosque da EcoNoronha que vende o cartão “obrigatório” (ingresso) para a entrada em algumas praias da ilha, tais como: Sueste, Sancho/Golfinhos, Leão, Porto, Caieiras e Atalaia, custa (R$75,00 reais para brasileiros e R$150,00 para estrangeiros). Aproveite e leia a matéria: 10 passos para conhecer Fernando de Noronha.

Fernando de Noronha Rapha 26

No segundo dia, fiquei na dúvida se faria o Ilha Tour que todos recomendam (passeio em carro com guia para conhecer as principais praias), ou se alugaria um bugre ou até mesmo uma moto em Fernando de Noronha, preferi a terceira opção, e sem dúvida a melhor delas, conheci todas as praias e lugares do mar de dentro (Praias do Cachorro, Meio, Conceição, Americano, Boldró, Bode, Cacimba do Padre, Baía dos Porcos e Sancho), em apenas um dia, fazendo tudo bem devagar, com paradas para muitas fotos e banhos em cada praia.

Em algumas praias ainda fiz snorkel e no final da tarde cheguei com folga para um pôr-do-sol deslumbrante no Fortinho do Boldró. A diária de uma moto sai em média por 80 reais, mas quanto mais dias alugar mais barato fica.

E assim o dia foi passando, visitando praia por praia, lugar por lugar, até chegar às tão esperadas Cacimba do Padre, Baía dos Porcos e a Praia do Sancho. A Cacimba é onde fica o morro dois irmãos, Baía dos Porcos é uma mistura de mata, morro, corais e piscinas naturais de tons diferentes e a Praia do Sancho, é uma das mais bonitas do mundo, a última do Mar de Dentro.

Juntas, elas compõem o trecho de praias mais bonito do Brasil. Mas não dá para ir caminhando da Baía dos Porcos para o Sancho. Você tem que retornar para a Cacimba do Padre e seguir pela estrada de terra em direção ao Sancho, o que dura cerca de meia hora de caminhada, no caso da moto se faz em 5 minutos.

A chegada a Praia do Sancho é pelo alto, com o cartão do parque em mãos, você passa pelo controle e caminha por uma ponte de madeira, até finalmente chegar à descida para a praia. Lá de cima há diversos mirantes. Um deles dá vista para a Baía dos Porcos, a mais bela imagem da ilha.

O acesso para a praia é por meio de uma escada de ferro, presa na rocha. Vale a pena levar máscara e snorkel. A praia ainda possui duas cachoeiras, que só existem na época das chuvas, ou seja, de Maio a Agosto.

Após esse grande dia se aventurando pela ilha, à noite fomos jantar no restaurante Xica da silva, na minha opinião, um dos melhores da ilha. O melhor Baião de Dois que comi foi lá.

Fernando de Noronha Rapha 14

No terceiro dia, peguei a moto, e fui conhecer todas as praias e lugares do Mar de Fora (Leão, Sueste, Atalaia, Buraco da Raquel, Museu do Tubarão, Capela de São Pedro, Forte de Santo Antônio e fazer o mergulho no Porto para ver o navio grego), o que algumas dessas praias têm de beleza, tem de perigosas, você não perde muito tempo nelas, apenas curte as paisagens e tira fotos, em metade de um dia dá para você fazer esse tour tranquilamente e no final fazer um snorkel no porto para ver um navio grego naufragado.

Você encontrará praias belíssimas, como a Praia do Leão, em minha opinião a segunda praia mais bonita da ilha depois da Praia do Sancho. Alguns nativos que conversei me contaram que morre em média um turista por mês afogado nessa praia, pois tem muitas correntes marítimas.

Outra praia linda, mas com acesso proibido por leis de preservação ambiental é o Buraco da Raquel. Próximo a essa praia está a Enseada dos Tubarões, onde do alto do morro e dependendo da maré, é possível avistar alguns tubarões. Outra praia bastante perigosa e praticamente não frequentada é a Praia da Enseada da Caieira, nesse dia até um praticante de kite surf desistiu de entrar no mar por conta da força da maré.

À noite fui assistir à palestra no Tamar. Começa as 20:00 e vale muito a pena, você entende como funciona o projeto, conhece as espécies de tartarugas que tem na ilha, o quanto o projeto já salvou e preservou as espécies e outros animais durante décadas.

Fernando de Noronha Rapha 24

No quarto dia, fiquei descansando e surfando pelas Praias do Meio e da Conceição, local muito bom para pratica de surf e SUP, assim como na Cacimba do Padre. Na parte da tarde fiz mergulho com cilindro em Noronha, apesar de caro e rápido, média de 350 reais por 30 minutos, vale muito a pena, pois a fauna marinha em Noronha é muito grande e bela. Vi muitos cardumes coloridos, tubarões-limão, tartarugas, arraias, polvos, moreias, sem falar da flora marinha e dos corais.

Booking.com

No quinto dia, como já estava com dias de sobra, fui para a Praia do Sancho (melhor praia) na parte da manhã. À tarde fiz a Trilha dos Abreus, para quem está com tempo e disposição sobrando é mais uma opção de atividade, fora isso, é uma trilha que pode ser descartada.

No sexto e último dia na ilha, acordei cedo e fiz a Trilha Longa do Atalaia (4hrs em média) na parte da manhã, com hora marcada e guia credenciado. Essa trilha sim é uma trilha que vale muito a pena fazer. Você segue à beira-mar pelo Mar de Fora, começando na Praia do Atalaia, a maré tem que estar baixa, assim você pode entrar em 3 piscinas naturais, formando um verdadeiro aquário, repleto de peixes, moreias e filhotes de tubarões.

Fernando de Noronha Rapha 18

Vantagens e desvantagens da Moto em Fernando de Noronha

Como tudo tem suas vantagens e desvantagens, andar de moto em Fernando de Noronha não é tão fácil assim, afinal estamos em uma ilha, tirando a via principal que é asfaltada, os caminhos para as praias e mirantes são bastante diversificados, encontrei trilhas de barro, pedras, cascalhos, grama, buracos, mas no meu caso, isso não foi problema, a graça estava aí, como adoro esportes radicais, passei dias de emoção desbravando a ilha.

A grande vantagem de alugar uma moto em Fernando de Noronha é o tempo que se ganha e principalmente o esforço físico que se reduz em quase zero, porque a moto entra em lugares que o bugre ou até mesmo uma 4×4 não consegue entrar, passa por caminhos estreitos, desce e sobe ladeiras íngremes, conseguindo assim poupar tempo, tornando o passeio menos cansativo, mais produtivo e muito mais emocionante.

Galeria de Fotos de Fernando de Noronha

Fernando de Noronha Rapha 05

5 Dicas essenciais para conhecer Noronha

Dica 1 – Alugar uma moto em Fernando de Noronha na minha opinião é mais proveitoso (ou bugue), além de economizar bastante, pois o Ilha Tour tá em media 150 reais por pessoa. Aluguei a moto por esse mesmo valor por 2 dias, a vantagem da moto em relação ao bugre é que ela passa por algumas trilhas estreitas e no caso do bugue terá que estacioná-lo e fazer o restante das trilhas a pé.

Dica 2 – Se for fazer snorkeling em mais de uma praia em um dia, é melhor alugar os equipamentos na cidade, pois nas praias, você terá que alugar e devolver no mesmo local.

Dica 3 – O restaurante mais em conta é o do Jacaré, 25 reais comida liberada, fica ao lado o Banco Santander, e só funciona de 12:00 as 14:00. Mas fui a todos os outros restaurantes também da Vila dos Remédios e os que mais gostei foram o Flamboyant e o Xica da Silva (Baião de Dois de lá é muito TOP), a melhor pizza é do restaurante Muzenza, fica perto do Bar do Cachorro e Noranha Divers. As quartas e sábados tem o Restaurante Zé Maria, com comidas típicas liberadas, por 100 reais por pessoa (bebidas a parte).

Dica 4 – Comprar lanches para trilhas ou praias no mercadinho Breakfast, fica na Vila dos Remédios, perto dos correios.

Dica 5 – Entrar no grupo Dicas de Noronha no Facebook. Lá tem várias dicas de quem já foi compartilhando com quem quer ir.

Fernando de Noronha Rapha 04

Leia também:

Fernando de Noronha – Destino dos sonhos de 10 entre 10 viajantes

Guia prático de Restaurantes em Fernando de Noronha

10 passos para conhecer Fernando de Noronha

Texto e fotos por Raphael Ferreira (@rapha_ferreira1)

Essa dica foi útil para você? Por favor, então deixe um comentário e compartilhe também nas suas redes sociais. Este site é feito com muita dedicação e seu apoio/participação realmente nos ajudará a mantê-lo no ar.



TOP 6 DICAS PARA ECONOMIZAR NAS VIAGENS

  • SEGURO VIAGEM - Não faça a besteira de viajar sem um Seguro de Viagem. Na Europa é obrigatório! Faça uma cotação online para ver o quanto é barato viajar tranquilo. Pague no cartão de crédito em até 12x ou com desconto no boleto bancário. Use nosso cupom: VIAGENS5 para um desconto extra de 5%.
  • HOSPEDAGEM - Somos parceiros do Booking.com que garante os melhores preços de hospedagem em qualquer lugar no mundo! Você reserva antecipado, pode cancelar e alterar quando quiser. Faça a sua reserva através do nosso link.
  • CHIP DE CELULAR - Já saia do Brasil com seu Chip Internacional 4G funcionando. Tenha conexão em mais de 140 países para usar o Whatsapp, redes sociais e GPS. Já usamos o chip da EasySIM4u em diversos países e aprovamos.
  • GANHE 179 REAIS! - O Airbnb é a melhor maneira de alugar casas e apartamentos em locais únicos, com preços para todos os bolsos. Ganhe R$179 de desconto na sua primeira reserva acima de R$250. Aproveite!
  • ALUGUEL DE CARRO - Faça aqui sua cotação online entre as melhores locadoras no Brasil e no mundo. A RentCars é nossa parceira e oferece os melhores preços, em reais e sem IOF, com total segurança.
  • NOSSAS EXPEDIÇÕES - Participe das viagens que estamos organizando com nossos leitores! São roteiros exclusivos com o melhor dos destinos e hospedagens selecionadas. Junte-se aos nossos grupos VIPs e vamos viajar juntos.

LEIA TAMBÉM



Denunciar

Curtiu essa matéria?

Escrito por Raphael Ferreira

Raphael Ferreira é carioca, sempre de bem com a vida, buscando novos desafios e lugares pra explorar, apaixonado por viagens e fotografias, empresário, graduado em direito, sagitariano e feliz! Siga no Instagram @rapha_ferreira1

Comentários

Deixe um comentário
  1. Parabens pelo post! Me ajudou muito!
    Tenho umas dúvidas…
    Nas praias e nos restaurantes há locais seguros para estacionar a moto? Tem que pagar?
    É possível fazer várias praias no mesmo dia?
    Obrigada!

    • Oi Dani, é possível sim fazer várias praias no mesmo dia. Tudo vai depender do ritmo q vc quer dar a sua viagem. Sim, todos os lugares tem onde parar buggy e moto, é super seguro e ainda não tem “flanelinha” em Noronha, hehehe. Bjs

  2. Oi, Mauricio. Tudo bem?

    Minha dúvida que ficou foi: se eu fizer esses dois dias que ele fez de moto com bicicleta elétrica, por exemplo, eu não preciso fazer o Ilha tour?! Eles passam pelas mesmas praias?

    Abraços,
    Tatiane Dias

    • Oi Tati, exato. Mas vai depender de vc ir de praia em praia. Eu acho o Ilha Tour importante, pois é nele que você consegue todas as informaçoes principais da ilha. Os guias sempre passam ótimas dicas. Mas vc decide, hehehe. Abs

  3. Boa noite,
    Minha dúvidas são:

    Quanto ao mergulho de cilindro. É necessário já ter feito o batismo? ou pode ser a primeira vez?

    Também vou ficar 6 dias, quantas diárias com a moto você considera ideal?

    Até mais

    • Oi Marcus, o batismo pode ser feito por qualquer um e é necessário antes de qualquer mergulho mais profundo, a não ser que você já tenha algum curso e possua a carteirinha.
      Acredito que 2 dias é suficiente pra rodar bastante a ilha de moto. Mas chegando lá você avalia melhor a sua necessidade.
      Abs

  4. Aí Mauricio, uma coisa não ficou claro, vc foi de moto? me falaram k não pode levar moto ou carro. Se vc foi de moto, onde vc a deixou, existe algum lugar específico. ok. abraço.

  5. Mauricio boa tarde. Muito boa suas dicas.

    Pretendo ir em Agosto ou Setembro, e queria saber contigo como é a questao da fiscalização de transito lá. Vi uma foto sua na moto sem capacete. É tranquilo andar de moto sem capacete lá? Odeio capacete rsrsrsrs

    • Oi Junior, a matéria é de um amigo nosso. Não sei te informar sobre isso, mas acredito que tem que ser usado. Não é pq é uma ilha, que as leis não serão aplicadas. As leis são as mesmas do continente. Lá tb tem Lei Seca e blitz para ver quem tem carteira de motorista. Ou seja, esteja sempre com a sua. E é bom estar de capacete tb, hehehe. Abs

  6. Maurício, parabéns pelo seu artigo! Este foi muito esclarecedor para mim, pois estou preparando a minha viagem para lá.

    Obrigada!

    Fernanda

  7. Olá Mauricio,
    Gostaria de saber qual empresa vocês alugaram a moto. Estamos procurando pela internet e só achamos pelo valor de R$ 150,00.
    Obrigada

    • Olá Jamile, td bem?
      Então, não cheguei a anotar o contato, pois lá é difícil fazer ligações, eu tive sorte, lembro que foi com o dono de uma pousada amarela na rua principal, quase na esquina com a rua da lama (rua mais conhecida da Vila dos Remédios, fica próxima ao Mundo Verde).
      A moto estava na calçada com uma placa de aluga-se, mas lá existem vários particulares, basta ir em baixa temporada que fica fácil encontrá-los e pechinchar.
      Abcs.

    • Fala Fernando, td bem?
      Então, não cheguei a anotar o contato, pois lá é difícil fazer ligações, eu tive sorte, lembro que foi com o dono de uma pousada amarela na rua principal, quase na esquina com a rua da lama (rua mais conhecida da Vila dos Remédios, fica próxima ao Mundo Verde).
      A moto estava na calçada com uma placa de aluga-se, mas lá existem vários particulares, basta ir em baixa temporada que fica fácil encontrá-los e pechinchar.
      Abcs.

    • Oi Rapha e Fernando, obrigada pelo retorno, mas ja fui em final de junho. Alugamos também com uma loja de aluguel de moto e equipamentos para mergulho que fica na vila dos remedios e em frente ao restaurante Chica da Silva, só que a diaria foi 80 reais. Para nos foi pratico porque era proxima a nossa pousada e ele foi bem flexivel com relação a horarios. Abraço

  8. Excelentes dicas! Me ajudou bastante em minha viagem à Fernando de Noronha. Também fiquei 6 dias com a minha esposa. Preferimos não fazer o passeio ilha tour e optamos pela locação de moto. Fiquei na pousada Del Mares seguindo as dicas da Letícia Biccas. Excelente localização, quarto com TV SKY HD com todos os canais Telecine e HBO abertos, excelente café da manhã, translado do aeroporto x pousada e vice-versa.

    Estive lá de 03 à 10/11/15 e o preço de algumas coisas mudou:

    1- Taxa de Preservação Ambiental= R$51,40.
    2- Ingresso para o Parque Nacional Marinho= R$89,00
    3- Ilha tour: R$150,00.
    4- Passeio de catamarã + almoço + plansub = R$230,00.
    5- Aluguel de Buggy(ou Bugre)= R$150,00/diária.
    6- Aluguel de moto(Bros)= R$100,00/diária.

    Tudo lá é muiiiiiiiito caro. Só pra se ter uma ideia, 1 litro de gasolina no único posto da ilha estava à R$5,60. Só gostaria de registrar que o pior acesso foi o da praia da cacimba. Na descida cheio de pedras, com a minha esposa na garupa de uma BROS, a moto acabou tombando e quebrou o espelho retrovisor. Graças a Deus ninguém se machucou. Todo o cuidado é pouco para quem pilota pela 1ª vez uma moto trail como a BROS, levando garupa pela 2ª vez, como foi o meu caso.

    Dos 6 dias que fiquei na ilha, aluguei a moto 4 dias também com o Roberto, o da loja quase em frente ao restaurante “Xica da Silva”, citado em um post anterior, mas a diária foi 100 reais. No último dia descobri o Ironaldo, que estava alugando pelo mesmo valor uma BROS 160cc ZERADA. Se eu soubesse, teria ficado com esta moto nos 4 dias. Ele também aluga câmeras subaquáticas, o que me “salvou” em meu último dia na ilha. O telefone dele é (81) 3619-1064/99848-7872 (TIM) / 99401-2632 (claro) / 98897-6430 (OI) / 98167-0872 (vivo).

    Valeu. []

    • Ah! Esqueci de comentar que não consegui visitar a praia do Atalaia. Atualmente, além de permitirem apenas 100 pessoas por dia, divididas em pequenos grupos ao longo do dia, não há mais a possibilidade de ser inserido na visitação caso alguém listado venha a faltar. Disseram que estava gerando muitas confusões entre visitantes e guias. Só pra ter ideia, fui dia 05/11 para marcar a visita e só tinha horário disponível para o dia 10/11, que infelizmente era o dia da minha saída da ilha. Quem for por conta própria, sem ser por agência de viagens, e ficar de 3 a 4 dias terá uma grande possibilidade de não conseguir agendar a visita a praia do Atalaia. A dica é assim que chegar, antes de qualquer coisa, ir no ICMBIO agendar esta visita.

      Abraço.

    • Boa noite Victor!
      Aluguei de particular, algumas casas na praça principal tem placas anunciando o aluguel de motos e bugres, mais em conta que as locadoras.
      Fiquei 5 dias na ilha, mas com a moto em 2 dias você consegue conhecer a ilha toda.
      Abcs.

    • Boa tarde, o aluguel foi feito com particular por indicação da pousada que fiquei. Mas lá você não terá problemas quanto a isso, todo lugar tem placa alugando bugres e motos.
      abs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Spa médico do Vila Galé Cumbuco é o primeiro no Brasil

5 dicas do que fazer em Brasília num fim de semana

5 dicas do que fazer em Brasília num fim de semana