in ,

Os Sete Cumes – Monte Elbrus

Monte Elbrus completamente coberto de neve

O Monte Elbrus (russo Эльбрус) é uma montanha localizada na parte ocidental da cordilheira do Cáucaso, na Rússia, perto da fronteira com a Geórgia. O Cáucaso, junto com os Urais, por convenção histórica unicamente (e sem base geográfica), é considerado a fronteira entre a Europa e a Ásia. O artificialismo da fronteira em um contexto geográfico é exemplificado pelo fato de a parte setentrional do Cáucaso frequentemente ser considerada como localizada na Europa, e a parte meridional na Ásia. O monte Elbrus, com 5642 metros acima do nível do mar, é assim considerado a montanha mais alta da Europa.

O Elbrus fica a 20 km ao norte da cordilheira principal do Grande Cáucaso e a 65 km sul-sudoeste da cidade russa de Kislovodsk. Seu pico com neves eternas alimenta 22 geleiras que, pou sua vez, dão origem aos rios Baksan, Kuban e Malka.

Na antiguidade, o monte era conhecido como Strobilus, e acreditava-se que Prometeu fora lá acorrentado.

Beleza e imponência do Monte Elbrus
Beleza e imponência do Monte Elbrus

O mais baixo dos dois picos foi escalado pela primeira vez em 1868 por Douglas Freshfield, A. W. Moore e C. C. Tucker, e o mais alto (de aproximadamente 40 m) em 1874 pela expedição britânica dirigida por F. Crauford Grove.

Durante os primeiros anos da União Soviética (URSS), o alpinismo tornou-se um esporte popular, e houve um tremendo tráfego de pessoas no Elbrus. No inverno de 1936, um grupo inexperiente de membros da juventude comunista tentou escalar a montanha, e terminou por sofrer diversas baixas quando escorregaram no gelo e despencaram para a morte.

Os alemães ocuparam brevemente a montanha durante a Segunda Guerra Mundial com 10000 soldados montanheses; uma história, possivelmente apócrifa, conta que um piloto soviético recebeu uma medalha por ter bombardeado a cabana principal, Pruit 11, enquanto ela estava ocupada. Mais tarde, foi-lhe oferecida uma medalha por não ter atingido a cabana, mas sim o estoque de combustível, deixando a cabana intacta para as gerações futuras.

A URSS encorajou as ascensões do Elbrus, e em 1956 ele foi escalado “em massa” por 400 alpinistas para marcar o 400° aniversário da anexação da Kabardino-Balkaria, a república socialista autônoma onde se localizava o Elbrus.

Trilhas aos arredores do Monte Elbrus
Trilhas aos arredores do Monte Elbrus

O Monte Elbrus e seus dois picos
ESCALANDO A MONTANHA

De 1959 a 1976, um teleférico foi instalado em estágios que podem levar o visitante a uma altura de 3800 metros. Existem várias rotas até o topo, mas a rota normal, que não tem fendas, continua aproximadamente em linha reta a partir do fim do teleférico. Durante o verão, não é raro ver até 100 pessoas por dia tentando alcançar o topo por este caminho. A escalada não é tecnicamente difícil, mas é árdua fisicamente devido à altitude e aos ventos fortes.

As montanhas do Cáucaso são o resultado de colisão de duas placas tectônicas, a placa arábica movendo-se para o norte com relação à placa eurasiana. Elas formam uma continuação do Himalaia, que está sendo empurrado para cima por uma colisão similar entre as placas eurasiana e indiana. Toda a região é regularmente sacudida por fortes terremotos oriundos dessa atividade.

PS: O monte Elbrus não deve ser confundido com as montanhas Alborz (também chamadas Elburz), no Irã.

Ascensões registradas

  • 1868 – O mais baixo dos dois picos é escalado pela primeira vez por Douglas Freshfield, A. W. Moore e C. C. Tucker.
  • 1874 – O pico mais alto (40 metros a mais) é escalado por uma expedição britânica conduzida por F. Crauford Grove.
  • 1996 – Em 17 de julho, Waldemar Niclevicz chegava ao ponto mais alto da Europa.Obs: Partes deste artigo são uma tradução livre do NASA Earth Observatory.

Os picos mais altos do mundo
OS 7 CUMES DOS 7 CONTINENTES

Clicando nos links abaixo você pode conferir mais informações sobre cada um dos maiores cumes dos sete continentes.

Monte Everest – 8.844m (Ásia)
Aconcágua – 6.962m (América do Sul)
Monte McKinley (Denali) – 6.194m (América do Norte)
Kilimanjaro – 5.895m (África)
Monte Elbrus – 5.642m (Europa)
Maciço Vinson – 4.892m (Antártida)
Monte Kosciuszko – 2.228m ou Pirâmide Carstensz – 4.884m (Oceania)

Essa dica foi útil para você? Por favor, então deixe um comentário e compartilhe também nas suas redes sociais. Este site é feito com muita dedicação e seu apoio/participação realmente nos ajudará a mantê-lo no ar.



TOP 6 DICAS PARA ECONOMIZAR NAS VIAGENS

  • SEGURO VIAGEM - Não faça a besteira de viajar sem um Seguro de Viagem. Na Europa é obrigatório! Faça uma cotação online para ver o quanto é barato viajar tranquilo. Pague no cartão de crédito em até 12x ou com desconto no boleto bancário. Use nosso cupom: VIAGENS5 para um desconto extra de 5%.
  • HOSPEDAGEM - Somos parceiros do Booking.com que garante os melhores preços de hospedagem em qualquer lugar no mundo! Você reserva antecipado, pode cancelar e alterar quando quiser. Faça a sua reserva através do nosso link.
  • CHIP DE CELULAR - Já saia do Brasil com seu Chip Internacional 4G funcionando. Tenha conexão em mais de 140 países para usar o Whatsapp, redes sociais e GPS. Já usamos o chip da EasySIM4u em diversos países e aprovamos.
  • GANHE 179 REAIS! - O Airbnb é a melhor maneira de alugar casas e apartamentos em locais únicos, com preços para todos os bolsos. Ganhe R$179 de desconto na sua primeira reserva acima de R$250. Aproveite!
  • ALUGUEL DE CARRO - Faça aqui sua cotação online entre as melhores locadoras no Brasil e no mundo. A RentCars é nossa parceira e oferece os melhores preços, em reais e sem IOF, com total segurança.
  • NOSSAS EXPEDIÇÕES - Participe das viagens que estamos organizando com nossos leitores! São roteiros exclusivos com o melhor dos destinos e hospedagens selecionadas. Junte-se aos nossos grupos VIPs e vamos viajar juntos.

LEIA TAMBÉM



Denunciar

Booking.com

Curtiu essa matéria?

Escrito por Mauricio Oliveira

Maurício Oliveira é social media expert, fotógrafo, videomaker, consultor de turismo, blogueiro, influenciador e empreendedor. CEO do Trilhas e Aventuras, conta suas experiências de viagens no blog Viagens Possíveis e criador de inovadoras ações de marketing de turismo, o BlogTur e o VIPBloggers. Ama o que faz no seu trabalho e nas horas vagas também gosta de viajar. Siga no Instagram e no Twitter, curta no Facebook, assista no Youtube e circule Mauricio Oliveira e Trilhas e Aventuras no Google Plus.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0
Placa no Kilimanjaro

Os Sete Cumes – Monte Kilimanjaro

A quantidade de neve pode quase cobrir o Monte Vinson

Os Sete Cumes – Maciço Vinson