in , ,

3 atrações imperdíveis no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães – MT

Crista do Galo, na Chapada dos Guimarães - MT

Pra começar, você sabia que Chapada dos Guimarães é o nome de uma cidade? Exatamente. Ela fica em Mato Grosso, nas bordas do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, e possui excelente infraestrutura para quem quer visitar a região. São muitas as atrações do parque, tais como cachoeiras, trilhas, mirantes, fazendas, rios e chapadões.

COMO CHEGAR: Chegando pelo aeroporto de Cuiabá, o ideal é alugar um carro e seguir rumo a cidade Chapada dos Guimarães, que serve de base para visitar os atrativos do parque. As distâncias por lá são grandes, então o melhor é estar de carro mesmo.

ONDE FICAR: Existem diversas opções de pousadas em Chapada dos Guimarães. Nós ficamos na Pousada Penhasco, que tem uma vista privilegiada do vale, além de ser um “mini-resort”, com diversas piscinas, parque aquático e estrutura perfeita para famílias. Os quartos são espaçosos e confortáveis. São dois restaurantes em esquema de buffet com excelentes opções de comidas para todos os gostos.

O QUE FAZER: Selecionei 3 pontos que achei de maior interesse em serem visitados no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães: a Cachoeira Véu de Noiva, a Crista do Galo e a incrível Cidade de Pedra. Se bobear dá pra fazer os três no mesmo dia, mas será um pouco corrido devido as distâncias. O ideal é reservar pelo menos dois dias para ver tudo com calma.

Vista da Crista do Galo, na Chapada dos Guimarães - MT
Vista da Crista do Galo, na Chapada dos Guimarães – MT

https://www.instagram.com/p/BjVvmmHgc8b/

Dito isso, prepare-se para visitar o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães e monte seu roteiro de fim de semana baseado em nossas dicas logo abaixo.

O que fazer na Chapada dos Guimarães

Cachoeira Véu de Noiva

Localizada dentro do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, nossa chegada ao mirante da Cachoeira Véu da Noiva é de cair o queixo. Formada pelas águas do Rio Coxipó, a cachoeira possui 86 metros de altura e é cercada por paredões de arenito em um vale em forma de ferradura.

Cartão postal da Chapada dos Guimarães, além da cachoeira, o vale e as escarpas do morro dão ainda mais beleza ao local. Nos paredões é possível encontrar ninhos de araras vermelhas, que sobrevoam a queda d´água com frequência, criando um belo espetáculo visual para os visitantes.

Cachoeira Véu de Noiva, na Chapada dos Guimarães - MT
Cachoeira Véu de Noiva, na Chapada dos Guimarães – MT

Infelizmente esse momento não tem hora para acontecer. É preciso sorte! Mas pelas fotos que eu vi na sede do parque, garanto que deve ser de arrepiar. As revoadas em frente a Cachoeira Véu de Noiva acontecem normalmente bem cedinho ou no fim do dia. Anote essa dica e tente ir nesses horários.

Crista do Galo

A Crista de Galo é uma formação rochosa localizada no meio do Vale do Rio Claro, possibilitando uma das vistas mais bonitas dos paredões da Chapada dos Guimarães. Há duas opções para chegar ao início da trilha. De 4×4, que atravessa cerca de 28 km de estrada a partir do centro; ou com veículo de passeio, que não consegue chegar tão próximo das atrações – nesse caso, é preciso caminhar 5 km a mais (na ida e na volta), incluindo um trecho arenoso.

A subida é um pouco íngreme, mas nada complicada. Em pouco mais de 15 minutos é possível alcançar o topo. A Crista do Galo é uma formação natural com um visual panorâmico do Vale do Rio Claro, onde a milhares de anos os movimentos das placas tectônicas e a natureza esculpiram uma “crista” de pedra que lembra a dos galos. Por isso o nome.

Crista do Galo, na Chapada dos Guimarães - MT
Crista do Galo, na Chapada dos Guimarães – MT

Quando fui era fim de tarde e ainda deu pra curtir o pôr do sol na Crista do Galo. Um momento inesquecível. Não pudemos demorar muito pois nuvens escuras no horizonte indicavam que uma tempestade se aproximava.

Cidade de Pedra

Anote essa dica: a Cidade de Pedra é um dos lugares mais incríveis da Chapada dos Guimarães. Seus paredões com até 350 metros de desnível e uma paisagem inesquecível foram esculpidos pelo vento e pela chuva. As formações rochosas lembram ruínas de uma cidade, por isso o nome do local.

Seus enormes paredões estão ninhos da arara vermelha e diversas outras aves. Vimos algumas em pleno voo. Na parte de baixo do vale nascem alguns dos córregos do parque, como o rio Mutuca e o rio Claro. Existem diversas trilhas tanto na parte alta quanto dentro do vale, mas só podem ser feitas na companhia de guias credenciados pelo parque. Há risco de cobras venenosas no local, portanto não se aventure sozinho.

Vista do vale na Cidade de Pedra, na Chapada dos Guimarães - MT
Vista do vale na Cidade de Pedra, na Chapada dos Guimarães – MT
Cidade de Pedra, na Chapada dos Guimarães - MT
Cidade de Pedra, na Chapada dos Guimarães – MT

Em um dos mirantes acontece um fenômeno muito legal. Basta dar um grito e o som se propaga pelo vale, bate no paredão e volta alguns segundos depois. Eu mostro isso no vídeo logo abaixo. Sem dúvidas a Cidade de Pedra foi um dos lugares que eu mais gostei de conhecer no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães.

LEIA TAMBÉM: Veja como foi nossa participação especial na Expedição Nissan: à procura do início do Brasil, na etapa que explorou a incrível Parque Nacional da Chapada dos Guimarães

Alugue um carro no Aeroporto de Cuiabá

Pesquise pousadas na Chapada dos Guimarães com até 80% de desconto

VÍDEO com os melhores momentos da viagem!

ASSISTA O VÍDEO que fizemos durante nossa viagem de 3 dias na Chapada dos Guimarães durante a Expedição Nissan. Selecionamos os melhores momentos e os lugares mais lindos que visitamos. Aproveite e se inscreva em nosso canal.

Mapa da Chapada dos Guimarães – MT

Veja abaixo um mapa para ter ideia da quantidade de coisas e as distâncias das principais atrações do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães para a cidade. Planeje direitinho o seu roteiro e boa viagem.

Clique aqui para ampliar o mapa.

Essa dica foi útil para você? Por favor, então deixe um comentário e compartilhe também nas suas redes sociais. Este site é feito com muita dedicação e seu apoio/participação realmente nos ajudará a mantê-lo no ar.



TOP 6 DICAS PARA ECONOMIZAR NAS VIAGENS

  • SEGURO VIAGEM - Não faça a besteira de viajar sem um Seguro de Viagem. Na Europa é obrigatório! Faça uma cotação online para ver o quanto é barato viajar tranquilo. Pague no cartão de crédito em até 12x ou com desconto no boleto bancário. Use nosso cupom: VIAGENS5 para um desconto extra de 5%.
  • HOSPEDAGEM - Somos parceiros do Booking.com que garante os melhores preços de hospedagem em qualquer lugar no mundo! Você reserva antecipado, pode cancelar e alterar quando quiser. Faça a sua reserva através do nosso link.
  • CHIP DE CELULAR - Já saia do Brasil com seu Chip Internacional 4G funcionando. Tenha conexão em mais de 140 países para usar o Whatsapp, redes sociais e GPS. Já usamos o chip da EasySIM4u em diversos países e aprovamos.
  • GANHE 130 REAIS! - O Airbnb é a melhor maneira de alugar casas e apartamentos em locais únicos, com preços para todos os bolsos. Ganhe R$130 de desconto na sua primeira reserva acima de R$250. Aproveite!
  • ALUGUEL DE CARRO - Faça aqui sua cotação online entre as melhores locadoras no Brasil e no mundo. A RentCars é nossa parceira e oferece os melhores preços, em reais e sem IOF, com total segurança.
  • NOSSAS EXPEDIÇÕES - Participe das viagens que estamos organizando com nossos leitores! São roteiros exclusivos com o melhor dos destinos e hospedagens selecionadas. Junte-se aos nossos grupos VIPs e vamos viajar juntos.

LEIA TAMBÉM



Denunciar

Curtiu essa matéria?

Escrito por Mauricio Oliveira

Maurício Oliveira é social media expert, fotógrafo, videomaker, consultor de turismo, blogueiro, influenciador e empreendedor. CEO do Trilhas e Aventuras, conta suas experiências de viagens no blog Viagens Possíveis e criador de inovadoras ações de marketing de turismo, o BlogTur e o VIPBloggers. Ama o que faz no seu trabalho e nas horas vagas também gosta de viajar. Siga no Instagram e no Twitter, curta no Facebook, assista no Youtube e circule Mauricio Oliveira e Trilhas e Aventuras no Google Plus.

Comentários

Deixe um comentário
  1. Muito legal! muito interessante a parte que fala sobre a cidade de pedra, deve ser bem surreal toda essa estrutura rochosa…

One Ping

  1. Pingback:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários

0 comentários

Perdendo o medo de viajar de Cruzeiro

Cruzeiro enjoa? Desvendamos 5 mitos sobre viajar de navio

Centro histórico de Quito - Equador

Agora o Seguro Viagem é obrigatório para o Equador