Compartilhe

Antes de ir para o Jalapão com os Adventure Bloggers fiz várias pesquisas para saber mais sobre o Safari Camp da Korubo e achei poucas informações na internet. Então para facilitar um pouco a vida dos próximos viajantes a conhecer este destino incrível, resolvi fazer este post com um resumo de todas as dúvidas que eu tive antes da viagem e que acabei tirando pessoalmente quando estive lá.

O Safari Camp da Korubo no Jalapão fica em uma área nobre, bem ao lado do Rio Novo (um dos maiores rios de água doce potável do mundo) e próximo das principais atrações naturais da região (cachoeiras, fervedouros, serras e dunas). Em contrapartida, algumas comodidades da sociedade moderna estão de fora deste paraíso, como é o caso do sinal de celular e da energia elétrica. Outra coisa que me preocupou foi a distância até um hospital em caso de acidentes graves.

Nascer do sol visto da prainha do acampamento
Nascer do sol visto da prainha do acampamento

Separei abaixo alguns itens que acho importante para explicar um pouco mais sobre eles e tornar sua experiência no Jalapão ainda melhor. Felizmente não aconteceu nada fora do previsto nesta viagem que fizemos, mas é sempre bom estar prevenido, não é mesmo? Afinal de contas, a Lei de Murphy está aí pra provar.

Como é o Safari Camp da Korubo

Acampamento, Barracas e Banheiros

O Safari Camp da Korubo segue os moldes dos já famosos acampamentos das savanas africanas. A área é toda arborizada, próxima ao Rio Novo, em um terreno arenoso e agradável. As barracas são simples, mas aconchegantes. As barracas simples têm duas camas e banheiro com espaço para as malas. A Korubo também possui duas barracas para famílias ou grupos de até quatro pessoas que são mais espaçosas, com varandão, e ficam em palafitas de aproximadamente 1 metro do solo. O chuveiro é comunitário e fica fora da barraca, com cabines privativas e espaço suficiente para se arrumar. À noite, as barracas e banheiros são iluminados por LED com bateria solar. E o acampamento fica todo iluminado com tochas.

Área com barracas do Safari Camp da Korubo
Área com barracas do Safari Camp da Korubo
Banheiro e vestiário do acampamento
Banheiro e vestiário do acampamento
Espaço interno da barraca família do acampamento
Espaço interno da barraca família do acampamento
Interior da barraca para duas pessoas do acampamento da Korubo
Interior da barraca para duas pessoas do acampamento da Korubo
O banheiro da barraca possui espaço para malas, pia, espelho e vaso sanitário
O banheiro da barraca possui espaço para malas, pia, espelho e vaso sanitário

Animais Peçonhentos e Segurança

Estar em contato com a natureza envolve fazer parte dela, e para isso é preciso saber que precisaremos conviver com outros animais que já estão por lá. No Jalapão isso não é diferente, uma vez que o cerrado esconde serpentes, aranhas, escorpiões, abelhas, mosquitos e outros animais peçonhentos. Todas as barracas e áreas comuns (restaurante e redário) do Safari Camp da Korubo são vedadas por telas para manter esses animais bem longe dos turistas. Nas barracas é necessário manter o zíper das telas sempre fechado e o ralo da pia com a tampa.

A tela das barracas são reforçadas para uma maior segurança
A tela das barracas são reforçadas para uma maior segurança

Caminhão e Estradas

O caminhão da Korubo é enorme e cabem até 25 pessoas. Para enfrentar as estradas do Jalapão é preciso ser bom motorista para não ficar atolado nas areias traiçoeiras e escaldantes do calor do deserto. Na época das chuvas as estradas ficam melhores para dirigir e as distâncias são percorridas em menor tempo. Já na seca, trechos de 50km de estrada são percorridos em até 3 horas por causa dos buracos, poeira e areia fofa. O caminhão é traçado 4×4 e enfrentou sem medo e com segurança as estradas que percorremos.

Caminhão da Korubo no Jalapão
Caminhão da Korubo no Jalapão
Além das poltronas é possível tambem ir sentado no banco exterior para apreciar a paisagem
Além das poltronas é possível também ir sentado no banco exterior para apreciar a paisagem
Estradas ruins contrastam com a beleza das paisagens do Jalapão
Estradas ruins contrastam com a beleza das paisagens do Jalapão

Energia elétrica e Sinal de Celular

Esqueça os confortos da vida moderna. No Safari Camp da Korubo a regra é se desligar do mundo e aproveitar o máximo que puder. A energia elétrica do acampamento vem de geradores que alimentam baterias. A água quente do banheiro vem através de painéis solares que esquentam a água durante o dia para que possamos tomar um banho quente e relaxante a noite. Para carregar as baterias das câmeras e outros eletrônicos a Korubo tem pontos de tomada no restaurante.

Quanto ao celular, esqueça. O único lugar onde pode dar algum sinal é em Mateiros e mesmo assim apenas de algumas operadoras. Use-o desconectado ou no modo avião para a bateria durar mais. No meu caso, eu só usei para ouvir música, fazer anotações, e registrar fotos e vídeos dos passeios.

Área com tomadas para recarregar as baterias no refeitório do acampamento
Área com tomadas para recarregar as baterias no refeitório do acampamento

Sustentabilidade (água, compostagem e horta)

É preciso pensar no futuro e nas próximas gerações que visitarão o Jalapão. O Safari Camp da Korubo faz coleta seletiva e reaproveita o lixo orgânico para fazer a compostagem e utilizar na água. A fossa dos banheiros é ecológica e tem tratamento de água. Eles fazem a parte deles mas nós temos que fazer a nossa também. Portanto, nada de jogar lixo no chão. Em cada barraca tem uma lixeira, além de outras espalhadas no acampamento.

Refeições (café da manhã, almoço e janta)

Se você pensa que vai passar fome está muito enganado. O restaurante do Safari Camp da Korubo possui até um chef de cozinha. Todas as refeições são balanceadas e completas para que você possa curtir o destino sem se preocupar com mais nada. O café da manhã é bem servido, com frutas, pães, frios, sucos e café. No almoço e jantar serviam pratos diversos, tais como: peixe-frito, feijoada, nhoque, macarrão com molhos diferentes, carnes, etc. E de sobremesa sempre uma opção diferente, com pudim, salada de frutas, mousse de limão,  doce de caju, banana assada e muito mais. Até os lanches de trilha são pensados, e sempre tem frutas e petiscos para você não passar fome. Água e suco são livres! Apenas paga por fora a cerveja, caipirinha e outras bebidas alcoólicas. E se você for vegetariano é só avisar antes que o chef prepara pratos exclusivos.

Meu "pequeno" prato no café da manhã. E ainda tinha muito mais!
Meu “pequeno” prato no café da manhã. E ainda tinha muito mais!
Peixe-frito é apenas uma das diversas opções servidas durante os dias de viagem
Peixe-frito é apenas uma das diversas opções servidas durante os dias de viagem
Sábado é dia de feijoada no Brasil e na Korubo não é diferente!
Sábado é dia de feijoada no Brasil e na Korubo não é diferente!
Restaurante onde acontecem todas as refeições no acampamento
Restaurante onde acontecem todas as refeições no acampamento

Staff e time da Korubo

Todo o staff foi bastante atencioso e prestativo durante toda a viagem. Eles são multitarefa e se revezam nas funções do acampamento e caminhão. São guias, mecânicos, cozinheiros, carpinteiros, jardineiros, e estão sempre prontos a ajudar se for necessário. Alguns possuem até conhecimento em primeiros-socorros caso ocorra algum incidente. No Jalapão tem que ser assim, é bom saber um pouco de tudo e saber se virar. Teve um dia que o caminhão quebrou e eles mesmos consertaram. Também vi uma das barracas sendo remontada por eles em um outro dia. O time é nota 1000!

Ainda tem dúvidas?

Caso tenha mais dúvidas que eu não tenha falado aqui na matéria é só deixar suas perguntas na caixa de comentários. Terei o maior prazer em ajudar. Fique a vontade para interagir.

Aproveite para conhecer nosso E-Book: Guia de Viagem ao Jalapão. Tudo que você precisa saber pode estar no seu tablet ou celular. Dicas práticas, roteiro dia a dia, fotos e muito mais. Clique no banner abaixo e faça o download do nosso E-book do Jalapão.

O mais completo Guia do Jalapão no seu bolso! Faça o download do nosso e-book

37 Comentário

    • Era essa a ideia do post. Que bom que você captou.
      Muitas das instruções que recebemos quando chegamos lá não estão disponíveis na internet. A ideia é facilitar a vida do viajante antes de ir pra lá e saber que esqueceu de algo que fará falta.

      E aí? Quando vamos voltar? 😀

  1. Essa estrutura da Korubo é sensacional. Imaginar que você pode ficar tão próximo da natureza e ainda contar com certas confortos foi uma ideia genial. O post está ótimo e as fotos muito legais, especialmente as panorâmicas, preciso entrar nessa. Abs.

  2. Que delícia! Fiquei doida por essa comida de lá, Já os banheiros comunitários não não muito a minha praia, mas adorei saber que no Brasil tem esse tipo de lugar.
    Show de bola!
    abraços
    Priscila

    • O banho é no mesmo esquema dos vestiários de clubes e academias. Tem suas cabines privativas que você pode ficar em total tranquilidade, tomar seu banho gostoso e se trocar sem ser vista por outras meninas. Sim, os banheiros são comunitários, mas são separados. Meninos de um lado, e meninas do outro. ;D

    • Sim Amélia, a equipe é multitarefa. Sabem tudo sobre o destino, inclusive como se precaver e resolver probleminhas desse tipo. E caso seja realmente necessário, há tempo de locomoção para a cidade mais próxima. Mas certamente vão tentar resolver tudo no acampamento, pelo menos os primeiros-socorros. Felizmente não vivenciamos nada desse tipo, mas foi o que nos falaram em uma das conversas. Pode ir tranquila! 😀

    • Oi Luciene, o valor é melhor você ver diretamente com a Korubo. Como eles tem 2 tipos de barracas, os preços variam um pouco. No site deles tem todos os contatos necessários para solicitar um orçamento. 😉

    • Oi Juliana, prefiro que os valores sejam informados diretamente com a Korubo. Eles tem barracas para família, e o valor pode ser diferenciado. Entre em contato com eles para ter um orçamento para a data que você deseja visitar. Isso também pode influenciar no preço. 😉

    • As tendas são “lacradas” com zíper. Mas sua preocupação é com a segurança contra ladrões? Fique tranquila. Tem sempre alguém no acampamento e o lugar é tão remoto que não tem como ninguém chegar lá sem ser visto. Esse é o tipo de preocupação de cidade grande que você aprende a relaxar quando está lá. É super seguro, mas se ainda assim você desejar trancar, é só levar um cadeado de casa. Eu acho totalmente desnecessário. Vá tranquila e aproveite o máximo que puder do lugar sem se preocupar com esses detalhes 😉

  3. Olá, primeiramente, parabéns pelo posto, muito bacana!
    Você poderia informar em média qual o custo das bebidas, caso eu queira comprar no acampamento da Korubo?
    E os artesanatos, tem valor baixo?
    Obrigada!

  4. Maurício, vi TODOS os seus posts sobre o Jalapão e os achei fantásticos! Quanto detalhe! Fiquei com pouquíssimas dúvidas em relação a essa aventura – na qual, decidi, já vou embarcar! 🙂
    Você acha que todos os roteiros são tranquilos para uma criança de 11 anos?
    Um grande abraço e parabéns pelo trabalho primoroso no blog!

    • Oi Laura, que legal! Fico feliz que tenha lido tudo e gostado. Olha, eu não vi grandes problemas nos passeios para levar as crianças. Talvez ele não aguente fazer o passeio da subida ao Morro, mas acho melhor conversar com os guias por lá para que eles te indiquem o que é melhor fazer. No nosso grupo não tinham crianças para termos um parâmetro, estou te falando essas coisas baseados no que vi e fiz por lá. Sinceramente, acho que vocês vão se divertir muito juntos! Bjos 😀

    • Oi Elisa, o Jalapão é um deserto com o clima bastante típico desses terrenos: de dia, calor, e a noite, frio. Pra você ter ideia, tive que dormir de moletom! A noite faz frio mesmo! Acredite, hehehe. Abs

Deixe seu Comentário